0 Compartilhamentos 630 Views

5 Alternativas ao Google Analytics

5 de setembro de 2014

Confesse: você usa o Google Analytics no seu site. Por quê?

“Porque eu quero visualizar o tráfego dos visitantes, as páginas mais visitadas, as estatísticas de navegador, a origem do tráfe…”

Não. Eu perguntei por que o Google Analytics e não um similar.

“Mas existem similares, quer dizer, além daqueles contadores de páginas dos anos 90?”

Sim, existem alternativas. E você provavelmente está utilizando o Google Analytics porque todo mundo está usando, porque é o mais popular, o mais conhecido. Embora isso não signifique que ele seja perfeito (dica: não é) ou o mais adequado para suas necessidades.

Para alguns, o atraso entre a apuração dos dados no Google Analytics e sua exibição é muito longa, principalmente para quem precisa de dados precisos em tempo real. Para outros, a curva de aprendizado da solução do Google é muito árdua. E para mais alguns, pode ser que o Google já saiba mais do que deveria sobre todos nós.

Cada caso é um caso e trazemos aqui cinco opções de análise de tráfego que podem ser um bom substituto para o tradicional. Teste segundo seus próprios critérios e você nem precisa remover seu código do Google Analytics enquanto avalia as alternativas!

1) Piwik

piwik

Com quase 2 milhões de downloads, Piwik é uma alternativa séria e gratuita para o Google Analytics.

Download? Isso mesmo. O Piwik é uma solução que você precisará hospedar e rodar no seu próprio servidor.

O que a princípio pode parecer um ponto negativo para esta ferramenta, na verdade é o seu ponto forte. Para aqueles que não se sentem em pleno controle do funcionamento da solução do Google, hospedar seu próprio sistema de análise de dados pode ser uma experiência recompensadora. Existe também uma opção paga que executa a ferramenta e armazena os dados estatísticos na nuvem.

O Piwik é open source com um ambiente aberto para desenvolvimento e uma comunidade atuante. Ele também permite que você importe arquivos de log, o que não é liberado pelo Google Analytics. Além disso, o Piwik possui um aplicativo oficial para iOS, assim como para Android, ao contrário do Google que privilegia apenas sua própria plataforma móvel.

2) Parse.ly

parsely

Esta solução não chega a ter tantos usuários, mas é a preferida de sites como Mashable, FoxNews, Upworthy, Slate e Reuters. Percebeu o padrão? O Parse.ly é uma solução de análise de tráfego focada em sites de produção de conteúdo, como artigos e notícias.

Esse foco é seu diferencial, uma vez que o sistema pode comparar postagens, compartilhamentos, autores e textos e identificar rapidamente tópicos populares em tempo real e orientar a produção de futuros conteúdos de acordo com tendências globais. Em outras palavras, esta ferramenta afirma ser capaz de prever o que vai gerar tráfego da forma mais acurada possível com a atual tecnologia. Seus clientes parecem concordar.

Além disso, o Parse.ly oferece acesso imediato às suas métricas, sem a lacuna de tempo que o Google Analytics ainda mantém para suas principais estatísticas. Mas, devido ao seu foco, ele não conta com tantos detalhes como origem dos visitantes ou navegação dentro do site a ponto de se dispensar a solução do Google.

Infelizmente, ainda que seja uma alternativa recomendável para sites e empresas que trabalham na área de geração de conteúdo, seu custo elevado pode ser um obstáculo para sua adoção.

3) KISSMetrics

kissmetrics

Se o foco do Parse.ly é quem produz o conteúdo e o que a página contém, o KISSMetrics se preocupa em identificar ao máximo quem é o seu visitante, de onde ele vém, o que ele fez e por onde saiu dentro do seu site.

Como o próprio nome diz, esta ferramenta é totalmente dedicada à métricas como taxas de conversão, funis, faturamento esperado e performance de resultados.

Essas características a tornam uma ferramenta indispensável, ainda que custosa, para sites onde o público é o principal ativo, como serviços online. Não por acaso, é a alternativa utilizada por gigantes como WordPress, MailChimp, AboutMe e outros.

Seu robusto sistema de análise de conversões também o torna uma opção interessante para sites de comércio eletrônico.

4) Clicky

clicky

Para muita gente, o Google Analytics pode ser amedrontador. Sua curva de aprendizado realmente não é das melhores e o serviço de Google contém funcionalidades que podem confundir quem deseja dados mais diretos, sem tanta sofisticação.

Para estas pessoas, existe o Clicky . Esta alternativa é bastante acessível, algo que em dez minutos de uso fará com que qualquer um já se sinta familiarizado com suas possibilidades.

Essa praticidade significa também que diversas funções estão no modo mais básico. Há outras ferramentas que executam melhor a análise de tráfego de dados oferecida pelo Clicky.

Entretanto, apesar de sua simplicidade, o Clicky tem um bom conjunto de cartas na manga, como monitoramento em tempo real, alertas, heat maps exibindo os pontos de uma página web onde ocorrem mais interações, além de visualizações dos dados na própria página exclusivos para o administrador.

Algumas de suas funcionalidades são pagas, mas o custo está bem abaixo do cobrado por outras alternativas mais complexas.

5) Woopra

woopra

Se você sempre quis saber o nome de cada visitante online em seu site, entender por onde ele passeia pelo seu site, seu histórico de atividades dos últimos três meses e suas necessidades, então essa é a sua ferramenta: Woopra.

De todas as alternativas, essa é a mais poderosa, uma vez que seja integrada com seu banco de dados de usuários. Você terá o histórico completo de cada visitante, seus hábitos, suas preferências e até dados pessoais se estas informações forem cruzadas com os dados armazenados no banco do seu site.

Você pode visualizar em tempo real um visitante no site, levantar seus dados de até 90 dias e configurar campanhas para resultados imediatos.

Infelizmente, esse grau de controle de informação exige dedicação no processo de configuração e não é barato para sites de grande porte. Entretanto, dependendo das necessidades e do vulto de suas operações, o Google Analytics pode ser insuficiente. E neste vácuo, o Woopra cumpre o que promete.

Carregando...

Você pode se interessar

Como se tornar um Engenheiro DevOps em 2021
Notícias
4 visualizações
Notícias
4 visualizações

Como se tornar um Engenheiro DevOps em 2021

Carlos L. A. da Silva - 1 de março de 2021

A consultora de DevOps e evangelista Nana Janashia apresenta um passo a passo de tudo que você precisa saber para dominar o DevOps em 2021.

Quanto ganha um programador? Confira uma das maiores pesquisas salariais realizadas no Brasil
Notícias
8 visualizações
Notícias
8 visualizações

Quanto ganha um programador? Confira uma das maiores pesquisas salariais realizadas no Brasil

Redação - 23 de fevereiro de 2021

O Canal Código Fonte TV realizou uma pesquisa salarial com mais de 11 mil programadores brasileiros. Entre os dados coletados é possível analisar a média salarial por: tecnologia, idade, gênero, região, entre muitos outros insights.

Seus dados vazaram. E agora?
Artigos
12 visualizações
Artigos
12 visualizações

Seus dados vazaram. E agora?

Carlos L. A. da Silva - 19 de fevereiro de 2021

Seus dados pessoais foram vazados e essa é uma verdade praticamente inevitável. A meta agora é minimizar os possíveis danos e cobrar autoridades.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Entendendo o elemento time em HTML 5
Artigos
17 visualizações
17 visualizações

Entendendo o elemento time em HTML 5

Carlos L. A. da Silva - 5 de fevereiro de 2021
Como cortar texto sem usar uma linha de script
Dicas
25 visualizações
25 visualizações

Como cortar texto sem usar uma linha de script

Carlos L. A. da Silva - 11 de janeiro de 2021
Como começar a programar
Artigos
31 visualizações
31 visualizações

Como começar a programar

Carlos L. A. da Silva - 7 de janeiro de 2021
Como cancelar qualquer conta online para sempre
Dicas
32 visualizações
32 visualizações

Como cancelar qualquer conta online para sempre

Carlos L. A. da Silva - 30 de dezembro de 2020