0 Compartilhamentos 180 Views

Como o Google está ajudando na crise do coronavírus

11 de março de 2020

A Organização Mundial de Saúde classificou oficialmente hoje a crise do coronavírus COVID-19 como uma pandemia. Até o momento, a doença já chegou a 110 países em todos os continentes (com exceção da Antártida) e infectou mais de 113,7 mil pessoas, com mais de 4 mil óbitos. No Brasil, até números dessa terça-feira (10), existem 34 casos confirmados de infecção.

É evidente que estamos apenas no momento inicial dessa luta. Há mais por vir e é necessária uma reação de todos: sociedade, governos, empresas, grupos religiosos, instituições de ensino, independente de fronteiras, posições ideológicas ou outras questões humanas.

Entretanto, a OMS também afirma que essa pode ser a primeira pandemia com possibilidades reais de ser contida. Por conta dos esforços solicitados, empresas de tecnologia estão respondendo à tarefa e se juntando a esse combate. Sundar Pichai, CEO do Google e da Alphabet, emitiu um comunicado no final da semana passada detalhando todas as iniciativas assumidas por sua organização para combater o avanço do coronavírus no planeta.

Segue a íntegra do comunicado:

À medida que o COVID-19 percorre o mundo, isso afeta nossas comunidades de maneiras diferentes. Muitos na Europa e nas Américas estão apenas começando a experimentar o que as pessoas na Ásia enfrentam há semanas.

Criamos uma equipe de resposta a incidentes de 24 horas para ficar em sincronia com a Organização Mundial de Saúde, e os líderes do Google se reúnem diariamente para tomar decisões críticas sobre nossos escritórios em todo o mundo.

Ao fazer isso, avaliamos vários fatores baseados na ciência, incluindo orientação dos departamentos de saúde locais, avaliações de transmissão da comunidade e nossa capacidade de continuar o trabalho essencial e fornecer os produtos e serviços nos quais as pessoas confiam. Também estamos tentando criar resiliência em nossas operações – e em nossos produtos – testando nossa própria capacidade de trabalhar remotamente. E também é importante pensar em como podemos ajudar nossas comunidades locais ao fazer essas mudanças.

Alguns de nossos escritórios mudaram para um status de trabalhar em casa, garantindo a continuidade dos negócios, enquanto outros ainda estão funcionando normalmente. À medida que fazemos essas alterações, garantimos que nossos funcionários prestadores de serviços por hora em nossa força de trabalho estendida, afetados por horários reduzidos, sejam compensados ​​pelo tempo que teriam trabalhado.

Este é um momento sem precedentes. É importante abordá-lo com um senso de calma e responsabilidade, porque temos muitas pessoas contando conosco.

Todos os dias as pessoas recorrem aos produtos do Google para obter ajuda: para acessar informações importantes; permanecer produtivo enquanto trabalha e aprende remotamente; manter-se conectado com as pessoas de quem gosta em todas as regiões; ou simplesmente relaxar com um ótimo vídeo ou alguma música no final de um longo dia.

Compartilhei alguns exemplos iniciais do que estamos fazendo para ajudar abaixo. À medida que a situação do coronavírus continuar a evoluir, pensaremos em ainda mais maneiras de ajudarmos todos os nossos usuários, parceiros, clientes e comunidades.

Enquanto isso, continue cuidando de si e do outro.

Ajudando as pessoas a encontrar informações úteis

As pessoas continuam acessando o Google para pesquisar informações sobre vacinas, conselhos de viagem e dicas de prevenção (por exemplo, desde a primeira semana de fevereiro, o interesse de pesquisa no coronavírus aumentou + 260% em todo o mundo). Nosso Alerta SOS na Pesquisa conecta as pessoas com as últimas notícias, além de dicas de segurança e links para informações mais confiáveis ​​da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para pessoas que procuram especificamente informações sobre sintomas, prevenção ou tratamentos, estamos trabalhando para expandir nossos Painéis de conhecimento sobre condições de saúde para incluir um painel COVID-19.

No YouTube, usaremos a página inicial para direcionar os usuários à OMS ou a outras organizações autorizadas relevantes localmente e doaremos inventário de anúncios para governos e ONGs nas regiões afetadas, a serem usados ​​para educação e informação. O Google Maps continua a revelar informações locais úteis e confiáveis.

Protegendo as pessoas da desinformação

Nossa equipe de Confiança e Segurança tem trabalhado o tempo todo e em todo o mundo para proteger nossos usuários contra phishing, teorias da conspiração, malware e informações erradas, e estamos constantemente à procura de novas ameaças. No YouTube, estamos trabalhando para remover rapidamente qualquer conteúdo que alegue impedir o coronavírus no lugar de procurar tratamento médico. No Google Ads, estamos bloqueando todos os anúncios que utilizam o coronavírus e bloqueamos dezenas de milhares de anúncios nas últimas seis semanas. Também estamos ajudando a OMS e organizações governamentais a exibir anúncios de PSA. O Google Play também proíbe que os desenvolvedores capitalizem eventos sensíveis e nossas políticas de conteúdo de longa data proíbem estritamente aplicativos que apresentem conteúdo ou funcionalidades relacionadas à saúde ou à saúde que sejam enganosas ou potencialmente prejudiciais.

Permitindo produtividade para trabalhadores e estudantes remotos

Funcionários, educadores e alunos estão usando produtos como Gmail, Calendário, Drive, Sala de aula, Hangouts Meet e Chat do Hangouts, além do G Suite for Education, para serem produtivos enquanto trabalham e aprendem remotamente, incluindo centenas de milhares de estudantes em Hong Kong, Vietnã e Itália, onde as escolas foram fechadas. A partir desta semana, lançamos acesso gratuito aos recursos avançados de videoconferência do Hangouts Meet a todos os clientes do G Suite e G Suite for Education em todo o mundo até 1º de julho de 2020. Também estamos adicionando recursos para suportar a demanda crescente por transmissão ao vivo em público no YouTube. Vimos um interesse crescente nas regiões afetadas, pois as pessoas procuram se conectar virtualmente com suas comunidades quando não conseguem fazê-lo pessoalmente.

Apoio aos esforços de assistência e organizações governamentais

Estamos fornecendo US $ 25 milhões em crédito de anúncios doados à OMS e às agências governamentais e forneceremos mais se houver necessidade ao longo do ano. O Google.org e os Googlers doaram mais de US $ 1 milhão para apoiar os esforços de assistência, que serão direcionados a organizações que trabalham para comprar suprimentos médicos, fornecerão comida e alojamento aos trabalhadores da linha de frente, apoiarão a construção de hospitais temporários e ajudarão nos esforços de recuperação a longo prazo. O Google Cloud continua trabalhando com governos federais, estaduais e locais para ajudá-los a se conectar com cidadãos e viajantes que retornam de regiões afetadas. Por exemplo, em Cingapura, o Google Cloud trabalhou com o governo para implementar um bot de bate-papo em seu site, que ajuda a responder às perguntas mais comuns dos cidadãos. Também estamos trabalhando com governos de todo o mundo para ajudá-los a promover informações públicas autorizadas sobre o COVID-19 por meio de nosso programa de alívio de crises do Google Ad Grants.

Promoção da pesquisa e ciência em saúde

O DeepMind usou a versão mais recente do seu sistema AlphaFold (baseado no trabalho de dobragem de proteínas que apareceu na Nature em janeiro) para liberar previsões de estrutura de várias proteínas associadas ao SARS-CoV-2, o vírus que causa o COVID-19. Essas previsões de estrutura ainda não foram verificadas experimentalmente, mas a esperança é que, ao acelerar sua liberação, elas possam contribuir para a compreensão da comunidade científica de como o vírus funciona e o trabalho experimental no desenvolvimento de tratamentos futuros. A Verily está desenvolvendo um pequeno adesivo de temperatura usado no corpo que transmite dados para um aplicativo de telefone para fornecer notificação oportuna de febre e apoiar o diagnóstico e tratamento mais cedo de uma infecção viral como gripe ou coronavírus. Isso pode ser especialmente útil em populações idosas, onde as infecções virais têm maiores taxas de morbimortalidade.”

Carregando...

Você pode se interessar

Você precisa conhecer YAML
Artigos
6 visualizações
Artigos
6 visualizações

Você precisa conhecer YAML

Carlos L. A. da Silva - 20 de outubro de 2020

O arquiteto de software André Boerseun apresenta os princípios fundamentais do YAML e sua complexa sintaxe.

Promoções de Jogos do Final de Semana (16/10)
Notícias
17 visualizações
Notícias
17 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (16/10)

Carlos L. A. da Silva - 16 de outubro de 2020

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

Os 7 piores erros de Excel da História
Artigos
18 visualizações
Artigos
18 visualizações

Os 7 piores erros de Excel da História

Carlos L. A. da Silva - 15 de outubro de 2020

O editor de planilhas é uma ferramenta poderosa da Microsoft... desde que esteja nas mãos certas.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Como aprender JavaScript de graça com a Microsoft
Dicas
20 visualizações
20 visualizações

Como aprender JavaScript de graça com a Microsoft

Carlos L. A. da Silva - 14 de outubro de 2020
Promoções de Jogos do Final de Semana (09/10)
Notícias
26 visualizações1
26 visualizações1

Promoções de Jogos do Final de Semana (09/10)

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2020
Como a Microsoft entrou na guerra contra os Deep Fakes
Artigos
25 visualizações
25 visualizações

Como a Microsoft entrou na guerra contra os Deep Fakes

Carlos L. A. da Silva - 6 de outubro de 2020
Como recuperar a senha de Wi-Fi do Windows
Dicas
26 visualizações
26 visualizações

Como recuperar a senha de Wi-Fi do Windows

Carlos L. A. da Silva - 3 de outubro de 2020