0 Compartilhamentos 379 Views 2 Comments

Como solucionar o Cubo Mágico

19 de maio de 2014

O Google está celebrando a criação do Cubo de Rubik nessa segunda-feira (18) com um novo doodle completamente interativo e nós decidimos perguntar para vocês, leitores: Você já completou o Cubo Mágico? Ou desistiu de resolvê-lo na primeira tentativa?

Se o seu for o segundo caso, não se preocupe! Nós te explicamos passo a passo tudo o que deve ser feito para passar de uma bagunça embaralhada para um cubo resolvido.

Objetivo do dia: Conquistar o Cubo de Rubik (Nós usamos os passos do site  YouRubik)

No total há 20 peças “móveis” (12 meios e 8 quinas) no cubo mágico, sendo todas elas diferentes umas das outras. Se rotacionarmos uma face, vemos que o centro não mudam de lugar, enquanto os meios trocam de posição entre si e os cantos também trocam de posição entre si. O que quero dizer é que cada peça é unica e não muda (um meio sempre será um meio).

Passo 1

A primeira coisa que deve ser feita é escolher qual cor você quer começar. Escolhemos a cor amarela, mas fica á seu critério a cor a ser usada. Á partir de agora utilizaremos a cor amarela para nos referir a cor da primeira face e o branco para a face oposta.

cubo-de-rubik

O primeiro passo é montar uma cruz amarela na primeira face. Para solucionar esse passo, coloque os meios com a cor amarela em sua posição. Devemos levar em conta que os blocos devem estar em uma determinada ordem, que coincida com os centros correspondentes.

cubo-de-rubik-passo1-1

Se não conseguir fazer a cruz, siga estas instruções:

cubo-de-rubik-passo1-2

1. Segure o cubo mágico de modo que o topo fique amarelo e a base branca.

2. Procure por um meio amarelo na camada de base. Fique atento para as duas cores da peça de meio.

3. Se não encontrar nenhuma, vá para seção abaixo “Não há nenhum meio amarelo na face inferior”.

4. Se há algum meio que tenha a cor amarela, rotacione a camada de base até que a peça fique “debaixo” de sua posição.

Aplique uma das seguintes soluções:

Caso 1: Amarelo olhando abaixo

cubo-de-rubik-passo1-c1

Caso 2: Amarelo olhando para frente

cubo-de-rubik-passo1-c2

Não há nenhum meio amarelo na camada inferior

cubo-de-rubik-passo1-c3

Se não houver nenhum meio com a cor amarela na camada inferior do Cubo Mágico, é porque eles estão na camada intermediária ou na camada superior, mas fora de sua posição ou mal orientadas.

Posicione-a na camada inferior e teremos o caso 1 ou 2 (que vimos antes).

Este é o passo mais complicado de se explicar, mas é um dos mais fáceis de solucionar por conta própria. Fique tranquilo, os próximos são mais simples de explicar e entender.

Passo 2

Uma vez solucionada a cruz da primeira face do cubo mágico, devemos montar o resto da primeira camada colocando as quinas em suas posições. Não devemos colocá-las onde queremos, porque cada quina tem uma posição determinada.

cubo-de-rubik-passo2-1

De maneira similar ao passo anterior, seguimos estas soluções. Tenha em conta que você terá que repetir este passo 4 vezes, uma vez para cada vértice.

cubo-de-rubik-passo2-2

Segure o cubo de modo que a face amarela seja a camada de topo, e a face branca a de base.

Procure na camada de base uma quina que tenha a cor amarela. Fique atento para as três cores em cada quina. Se não encontrar nenhuma, veja abaixo “Não há nenhuma quina amarela na camada inferior”
Rotacione a camada de base até que a quina fique abaixo de sua posição.

Aplique uma das seguintes soluções:

Caso 1: Amarelo olhando para a esquerda

cubo-de-rubik-passo2-c1

Caso 2: Amarelo olhando para a direita

cubo-de-rubik-passo2-c2

Caso 3: Amarelo olhando para baixo

cubo-de-rubik-passo2-c3

Não há nenhuma quina na camada inferior

Se não houver nenhuma quina com a cor amarela na camada de base, é porque estão na camada de topo, porém fora de lugar. Nesse caso coloque qualquer outra quina da camada de base na do topo (como no caso 1, por exemplo). Dessa forma será possível passar a quina com a cor amarela para a camada de base.

Passo 3

Uma vez resolvida a camada de base, resolveremos agora a segunda camada do cubo mágico. Lembre-se que as peças do centro são fixas, então não precisam ser mudadas de lugar. Tenha em mente que você deve repetir este passo 4 vezes, uma para cada meio.

1. Segure o cubo mágico de modo que a face branca fique no topo e a amarela fique na base.

2. Procure um meio na face superior do cubo que não tenha a cor branca em nenhum de seus lados. Se não encontrar nenhuma, veja abaixo na seção “Não há nenhum meio sem branco na face superior”.

3. Rotacione o topo até que o meio e a peça do centro tenham a mesma cor, formando um T de ponta-cabeça.

4. Aplique uma das seguintes soluções de acordo com a direção em que a peça de meio deve ir, para esquerda ou direita de onde está situada.

Estes são os possíveis casos:

Caso 1: O meio deve ir para a direita á partir de onde se encontra agora

cubo-de-rubik-passo3-c1

Caso 2: O meio deve ir para a esquerda á partir de onde se encontra agora

cubo-de-rubik-passo3-c2

Não há nenhum meio sem branco na camada superior

Se não houver nenhum meio na camada de topo que tenha a cor branca em nenhum de seus lados, é porque estão na camada intermediária, porém fora de lugar. Neste caso, coloque qualquer outro meio da camada de topo na camada intermediária (com o caso 1, por exemplo). Desta forma, será possível que os meios sem a cor branca em algumas das faces passe para a camada de topo do cubo.

Repita este passo com os 4 meios até resolver a segunda camada do cubo mágico.

Passo 4

Até aqui conseguimos resolver as duas primeiras camadas do cubo mágico. Agora nosso objetivo é fazer com que os 4 meios da camada de topo tenhm a cor branca viradas para cima, formando uma cruz branca. Somente nos concentraremos nos meios do topo branco, sem prestar atenção nas quinas.

Pode haver quatro meios com a cor branca na camada de topo do cubo, duas, ou nenhuma. Se os quatro meios estão com a cor branca no topo, podemos passar para a etapa seguinte. Se houver dois meios com a cor branca na camada de topo do cubo mágico, aplique uma dessas soluções conforme os meios sejam adjacentes (um do lado do outro) ou opostas.

Caso 1: Meios adjacentes

cubo-de-rubik-passo4-c1

Caso 2: Meios opostos

cubo-de-rubik-passo4-c2

Caso 3: Nenhum meio bem orientado

cubo-de-rubik-passo4-c3

Se não houver nenhum meio com a cor branca na camada de topo do cubo mágico, execute uma das soluções anteriores e poderá colocar dois meios com a cor branca na camada de topo. Finalmente, execute a solução correspondente ao caso que você obteve.

Passo 5

Nesse passo resolvemos a segunda cruz do cubo mágico. Aqui faremos com que as cores das laterais da cruz coincidam com as cores dos centros. Nos concentraremos apenas nos meios da face branca do cubo, sem nos preocuparmos com as quinas.

1. Rotacione a camada de topo do cubo mágico até que duas laterais sejam iguais as dos centros. Se houver apenas uma, continue rotacionando o topo.

2. Aplique uma das seguintes soluções de acordo com os meios dependendo se os meios estiverem adjacentes (um do lado do outro) ou opostos.

Estes são os casos possíveis:

Caso 1: Arestas adjacentes

cubo-de-rubik-passo5-c1

Caso 2: Arestas opostas

cubo-de-rubik-passo5-c2

Passo 6

Conseguimos resolver todas as peças do cubo de modo que todas estejam em suas posições, exceto as quinas da última camada do cubo mágico. Este penúltimo passo consiste em posicionar todas as quinas em seu lugar, sem se preocupar com sua orientação. Mas o que significa um a quina estar em sua posição correta?

Uma quina está em sua posição correta se as 3 cores do centro que estiverem mais próximos forem as mesmas 3 cores que tiverem a quina.

cubo-de-rubik-passo6-1

É possível que as quatro quinas já estejam em sua posição correta (passe para o caso seguinte), ou que haja apenas uma quina em seu lugar, ou nenhum. Se houver uma quina em seu lugar, execute um dos primeiros casos, para que se possa verificar o próximo caso necessário para resolver o restante das quinas.

Caso 1: Três quinas fora de suas posições (a)

cubo-de-rubik-passo6-c1

Caso 2: Três quinas fora da sua posição (b)

cubo-de-rubik-passo6-c2

Casos 3 e 4: Nenhuma quina em sua posição

cubo-de-rubik-passo6-c3

cubo-de-rubik-passo6-c4

Se nenhuma quina estiver em seu lugar, faça uma das duas soluções e conseguirá que uma das quinas fique no lugar certo. Finalmente, aplique a solução correspondente ao caso em que se encontre.

Ufa! Montamos o cubo mágico de forma que as quinas estejam em sua posição. Por último, rotacionaremos as quinas até conseguir resolver o cubo mágico.

Passo 7

No passo anterior montamos o cubo e todas as peças agora estão em sua posição! Para finalizar, nos resta rotacionar as quinas da última camada e resolveremos o cubo mágico.

Pode ser que haja duas quinas mal orientadas, três quinas, ou quatro da última camada do cubo mágico. Se houver duas, realizamos a seguinte solução:

Importante!

Este passo não é tão simples como os demais, mas também não é muito complicado. Antes de saber resolvê-lo devemos saber algumas coisas. No caso 1 há três subcasos, sendo que a primeira coisa a fazer é saber qual o subcaso que temos. Para resolver este passo, faça a primeira sequência de movimentos.

Caso 1: Duas quinas mal orientadas:

cubo-de-rubik-passo7-c1

Certifique-se que a quina mais próxima é a que necessita um giro horário.

Casos 2 e 3: Três quinas mal orientadas

cubo-de-rubik-passo7-c2 cubo-de-rubik-passo7-c3

Se houver três quinas mal orientadas, posicione o cubo mágico tal como indicam as figuras e aplique a primeira das soluções anteriores, para obter apenas duas quinas rotacionadas. Finalmente,

Caso 4: Todos as quinas mal orientadas

cubo-de-rubik-passo7-c4

Se as quatro quinas estiverem mal orientadas, aplique a primeira das soluções anteriores.

Finalmente, aplique a solução correspondente ao caso que se encontra.

Pronto! Seu Cubo Mágico agora deve estar organizado de acordo com as cores de cada lado! Nós seguimos os passos e depois de um pouco de treino, olha só como ficou:

Fonte: YouRubik

Você pode se interessar

Promoções de Jogos do Final de Semana (22/03)
Notícias
6 visualizações
Notícias
6 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (22/03)

Carlos L. A. da Silva - 22 de março de 2019

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

Como substituir os produtos da Adobe pagando nada ou muito pouco
Dicas
7 visualizações
Dicas
7 visualizações

Como substituir os produtos da Adobe pagando nada ou muito pouco

Carlos L. A. da Silva - 22 de março de 2019

Você não precisa morrer em uma grana para ter acesso a produtos de qualidade que fazem as mesmas tarefas.

Vídeos
1,655 compartilhamentos6,805 visualizações

Reagindo a Vagas de Estágio // Vlog React #91

Thais Cardoso de Mello - 21 de março de 2019

Confira no vídeo se o que dizem sobre os estágio no Brasil realmente faz sentido.

2 Responses

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

A Inteligência Artificial que era perigosa demais
Artigos
4 visualizações
4 visualizações

A Inteligência Artificial que era perigosa demais

Carlos L. A. da Silva - 21 de março de 2019
TypeScript // Dicionário do Programador
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,808 visualizações
1,655 compartilhamentos6,808 visualizações

TypeScript // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 18 de março de 2019
Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)
Notícias
12 visualizações
12 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)

Carlos L. A. da Silva - 15 de março de 2019
Mega Bate-Papo com o Programador BR (feat. Igor Oliveira) // CDF Entrevista
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações