0 Compartilhamentos 276 Views

Como usar aplicativos Android no seu Windows agora

Com o fim anunciado do Projeto Astoria, a Microsoft enterrou de vez o sonho de oferecer suporte oficial a aplicativos Android no Windows 10.

Mas isso não significa, nem nunca significou que você não possa rodar aplicativos criados para o ambiente móvel do Google no seu PC. E nem precisa do Windows 10, se você não quiser. Já não é de hoje que empresas terceirizadas vem conseguido emular o Android com variados níveis de perfeição dentro dos sistemas operacionais da Microsoft.

Testamos aqui três soluções que prometem (e cumprem) o que o Projeto Astoria pretendia: BlueStacks, AMIDuOS e Droid4X. Testamos instalação, uso básico e como se comportam três aplicativos e um jogo em cada um destes emuladores.

BlueStacks

O BlueStacks se gaba de ter 130 milhões de usuários em todo o mundo, o que o tornaria a opção mais popular da categoria. E não é sem motivo.

Para começar, o BlueStacks emula o ambiente Android com facilidades que só existem no ambiente Windows, como multitarefa e poder copiar e colar usando Ctrl+C e Ctrl+V do Windows para o ambiente de emulação. Cada aplicativo aberto ocupa uma aba no topo da interface, o que facilita e muito a navegação e alternância entre janelas, embora possa desagradar quem deseja uma reprodução mais fidedigna da plataforma móvel.

bluestacks-apps

Sua interface é claramente focada no usuário iniciante e já de cara oferece uma ampla lista de aplicativos que podem ser baixados e instalados, inclusive via APK (o famoso, mas arriscado sideload). Além disso, o BlueStacks permite adicionar uma conta do Google, o que habilita o uso da Play Store oficial do Android sem qualquer tropeço. Infelizmente, parte da experiência é comprometida por uma rolagem confusa que não interpreta muito bem a roda de rolagem do mouse e, ocasionalmente, avança mais do que deveria.

bluestacks-config

Com uma tela de configurações idêntica ao do Android, o programa separa  separa 16GB de armazenamento no disco e apresenta o menor consumo de memória das três alternativas testadas: menos que 200 MB de RAM, somando todos os processos utilizados. O BlueStacks força uma inicialização junto com o Windows e, ao sair, larga um processo ainda ativo no sistema: HD-Agent.exe. São pequenos inconvenientes para quem gosta de ter controle total do que está funcionando no Windows. Em contrapartida, o programa oferece a opção de continuar recebendo notificações depois de encerrado (e continua rodando em segundo plano).

bluestacks-facebook

O aplicativo do Facebook funciona adequadamente no BlueStacks

bluestacks-twitter

O aplicativo do Twitter também funciona adequadamente no BlueStacks

O Moon Reader, leitor de ebooks, não se ajusta corretamente à tela e o resultado são letras minúsculas, que dificultam bastante a leitura, mas não a tornam impossível.

O jogo Subway Surfers funciona adequadamente com teclado e reconhece as teclas direcionais automaticamente, ainda que apresente um ligeiro atraso nos controles.

bluestacks-subway-surf

AMIduOS

O AMIduOS é a única alternativa paga das analisadas, mas oferece uma versão de testes de 30 dias. O preço final não é alto, sendo que o usuário pode adquirir a versão completa e permanente a partir de dez dólares. Também é o único do lote a emular o Android Lollipop, então já traz o visual material design incorporado em sua interface.

amiduos-apps

amiduos-config

Apesar de se destacar pela modernidade, o programa da American Megatrends, carece de algumas funcionalidades apresentadas pelos seus rivais e apresenta alguns defeitos únicos. Para quem deseja testar seu próprio aplicativo ou instalar aplicativos de outras fontes, não vai encontrar suporte a APKs no AMIduOS. Já o usuário médio irá achar a interface confusa, com uma integração desajeitada com a Play Store. Talvez para compensar essa falha, o programa já traz alguns aplicativos pré-instalados, incluindo o Amazon App Store.

Para instalar o suporte à loja oficial do Android do Google, o usuário precisa visitar uma página adicional fora do emulador, baixar um arquivo ZIP e executar o comando “Apply to DuOS” no arquivo. O AMIduOS acrescenta essa opção ao menu de contexto de todos os arquivos do Windows, mesmo quando não há sentido ou o formato não é suportado.

Complicando a situação, sua instalação é bem lenta quando comparada com a do BlueStacks, assim como sua inicialização. No quesito consumo de memória, o AMIduOS ultrapassa os 300 MBs de RAM. O programa não aceita copiar e colar do Windows, só o padrão do Android. Em contrapartida, ele não larga processos em funcionamento quando é fechado, nem tenta inicializar com o Windows. O emulador também separa  separa 16GB de armazenamento no disco.

amiduos-twitter

O aplicativo do Twitter funciona adequadamente no AMIduOS

amiduos-facebook

O aplicativo do Facebook funciona adequadamente no AMIduOS

O leitor de ebooks Moon Reader traz o texto ilegível, tanto pelo tamanho minúsculo quanto pelo nível de desfoque da fonte, apresentando o pior resultado dos três programas analisados.

O jogo Subway Surfers não aceitou o teclado e todos os comandos tiveram que ser realizados com o mouse, simulando o dedo em uma tela de toque. É uma experiência mais próxima da jogabilidade original, mas pode confundir quem está acostumado a jogar no PC. Como agravante, o volume do jogo é baixo, e a interface não apresenta um botão claro para sair da aplicação e retornar à tela principal do emulador.

amiduos-subway-surfers

Droid4X (beta)

Diretamente da China, o Droid4X é de longe o mais complicado de instalar de todos os programas analisados. Primeiramente, porque o link oficial no site principal é de uma conexão asiática e extremamente lento para baixar a partir do Ocidente. A própria empresa oferece alternativas de download no fórum. Após tentarmos o link oficial, o link da CNET, o link do Mega, conseguimos sucesso baixando a versão 0.9 Beta do Mediafire.

Talvez por estar na versão Beta, o Droid4X apresenta mais defeitos do que seus principais concorrentes. Por outro lado, é um programa para se ficar de olho graças à grande quantidade de boas ideias que ele implementa e os outros programas não trazem.

droid4x

No lado dos defeitos, além da dificuldade instalação, temos uma interface que ainda apresenta caracteres orientais aqui e ali e um inglês inadequado com bastante frequência (o exemplo mais gritante é o “Recommand” na tela principal, que leva para os aplicativos recomendados). O Droid4X também não utiliza a resolução máxima da tela do PC e, embora seja possível configurar isso em um menu escondido, o programa ignora solenemente o que você configurou em diversas oportunidades.

O Droid4X também trava o funcionamento do Print Screen a nível global depois de um certo tempo de uso, sem motivo. Não apenas se torna impossível registrar, usando o Windows, algumas de suas telas, como também se torna impossível usar o Print Screen mesmo fora do emulador enquanto ele estiver funcionando. Se serve de consolo, o Droid4X oferece seu próprio botão de captura de tela que salva imagens do ambiente emulado.

Além disso, o programa traz o maior consumo de memória da categoria: mais de 600 MB de RAM, somando todos os seus processos. Não chega a ser um absurdo, em tempos de PCs com 8, 16 GB de RAM, mas é um ponto negativo na comparação com seus concorrentes. Completando a lista de defeitos, o Droid4X não pega automaticamente a hora do sistema. Ou talvez ele esteja ajustado para o fuso horário da China.

O Droid4X permite integração com uma conta do Google de forma suave, como você faria em qualquer Android. Ele também aceita o uso de APKs.

Entre suas qualidades únicas, o programa conta com um recurso de gravação em vídeo da tela, um botão para simular uma “sacudida” no dispositivo para ativar o acelerômetro, um simulador de GPS e suporte a joystick, para quem quer usar o programa para jogar títulos de Android. Ele interage com o Windows com Ctrl+C / Ctrl+V.

Além disso, o Droid4X separa 32 GB de armazenamento no disco, o dobro da concorrência, o que pode ser um fator determinante para muitos usuários. O programa também apresenta uma configuração para a quantidade máxima de RAM que o programa pode consumir e os processadores que podem se dedicar à emulação. Infelizmente, ele também larga um processo para trás, mesmo depois de fechado: o VBoxSVC.exe.

Os aplicativos do Twitter e do Facebook funcionam adequadamente no emulador. Surpreendentemente, o Moon Reader apresentou de longe a melhor legibilidade dos três programas analisados (talvez pela baixa resolução) e se ajustou automaticamente para o modo Portrait.

Inicialmente, o jogo Subway Surfers não parecia ser capaz de instalar. A mensagem na Play Store do Google era: “Não é compatível com o dispositivo”. Mas uma segunda tentativa reconheceu o “dispositivo”. Ele não reconhece automaticamente o teclado dentro do jogo, mas é possível configurar teclas de controle globais ou individuais por jogo. Entretanto, assim como no BlueStacks, foi sentido um ligeiro atraso nas respostas.

 

droid4x-config

Você pode se interessar

Como remover sugestões de URL da barra de endereços do Chrome
Dicas
5 visualizações
Dicas
5 visualizações

Como remover sugestões de URL da barra de endereços do Chrome

Carlos L. A. da Silva - 9 de abril de 2020

Navegador guarda qualquer endereço visitado e sugere pra você, mas você não precisa apagar o Histórico inteiro para se livrar de um deles.

IBM amplia Call for Code Challenge 2020 para enfrentar o COVID-19
Notícias
9 visualizações
Notícias
9 visualizações

IBM amplia Call for Code Challenge 2020 para enfrentar o COVID-19

Redação - 7 de abril de 2020

A IBM está expandindo o desafio global Call For Code 2020 para abordar a reação do mundo com o COVID–19, além das mudanças climáticas: duas questões urgentes que podem comprometer nossa saúde, nosso planeta e nossa sobrevivência.

Que fim levou o Windows Phone?
Artigos
10 visualizações
Artigos
10 visualizações

Que fim levou o Windows Phone?

Carlos L. A. da Silva - 6 de abril de 2020

A longa história de estratégias equivocadas da Microsoft em dispositivos móveis e o fim de um sonho.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Promoções de Jogos do Final de Semana (03/04)
Notícias
20 visualizações
20 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (03/04)

Carlos L. A. da Silva - 3 de abril de 2020
Como descobrir se tem um “fantasma” no seu teclado
Dicas
22 visualizações
22 visualizações

Como descobrir se tem um “fantasma” no seu teclado

Carlos L. A. da Silva - 2 de abril de 2020
Trabalhando de casa
Artigos
30 visualizações
30 visualizações

Trabalhando de casa

Carlos L. A. da Silva - 30 de março de 2020
Promoções de Jogos do Final de Semana (27/03)
Notícias
29 visualizações
29 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (27/03)

Carlos L. A. da Silva - 27 de março de 2020