0 Compartilhamentos 41 Views

Os oito melhores serviços de armazenamento na nuvem de 2020

2 de outubro de 2020

Na semana passada, o doutorando de microbiologia Alison Schmatz ganhou manchetes de jornais, mas pelos motivos errados. Sua tese de doutorado estava dentro de um notebook que foi furtado, faltando apenas 15 dias para ser entregue. O mais extraordinário da notícia é que Schmatz não tinha essa versão da sua pesquisa salva em nenhum outro lugar, exceto no notebook furtado.

A tese iria abordar uma forma sustentável de aumentar a produção de biocombustível, reaproveitando o bagaço da cana de açúcar e agora está oficialmente perdida para sempre. O biólogo tinha backup de parte do trabalho, mas não da versão final.

Independentemente da área de atuação de um profissional ou de um estudante, backups completos são indispensáveis. Graças ao advento da nuvem, já tem mais de uma década que não há desculpa para não se armazenar seus arquivos mais importantes externamente. Seja um furto, uma enchente, um incêndio, uma pane elétrica, acidentes podem acontecer e minimizar as perdas é fundamental.

Selecionamos aqui os oito melhores serviços de armazenamento na nuvem disponíveis em 2020. Escolha o seu e lembre-se: backup sempre!

1) OneDrive

O OneDrive está embutido no sistema operacional com o Windows 10, então não há absolutamente nenhuma desculpa para não usar a solução. Na verdade, desabilitar essa integração é um processo complexo e o usuário vai continuar com o ícone do serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft em sua Área de Trabalho assim mesmo.

Essa integração forçada se converte em praticidade. Para o usuário comum, o OneDrive é somente outro diretório em seu PC. Salvar algo na nuvem, então, se torna tão simples quanto arrastar e soltar, desde que você tenha uma conexão permanente com a internet (o que é praticamente a norma hoje em dia).

A Microsoft completa a mordomia oferecendo aplicativos para Android, iOS, Mac, Windows Phone e até mesmo para o Xbox One. A versão gratuita oferece apenas 5GB de armazenamento, mas a assinatura mensal para clientes domésticos é extremamente barata e disponibiliza de cara 100 GB de espaço na nuvem.

2) Dropbox

A força do Dropbox está no seu pioneirismo. Reza a lenda que Drew Houston, CEO da empresa, estava cansado de perder pen-drives com arquivos e decidiu criar um serviço de armazenamento na internet, em 2007. Verdade ou marketing, o fato é que a Dropbox não parou de evoluir nesses treze anos e sua experiência é mais do que estável.

Apesar das mudanças e das ferramentas que foram agregadas, Dropbox manteve sua simplicidade de uso e sua acessibilidade. Para sincronização de arquivos e backups, a solução de Houston segue batendo de frente com produtos de empresas muito maiores.

A versão gratuita do serviço de armazenamento na nuvem oferece modestos 2 GB para seus usuários, mas o primeiro nível de assinatura sobe esse limite para impressionantes 2 TB, ou 20 vezes o limite básico do One Drive, sem custar 20 vezes o valor. Não é o suficiente? Existe um plano ilimitado que custa apenas o dobro do primeiro nível por usuário. Além disso, o Dropbox está presente em uma variedade colossal de plataformas, que outras soluções não atendem.

3) Google Drive

Google Drive e OneDrive são muito parecidos: além de funcionarem como serviço de armazenamento na nuvem, ambos estão agregados com uma suíte de aplicativos de escritório online de forma quase indistinguível. Ainda assim, é possível utilizar ambos apenas para backup também. No caso do serviço do Google, basta ter uma conta Google para estar habilitado a usar o Drive, com direito a 15 GB de armazenamento gratuito, o maior limite existente sem custos.

O serviço facilita também na hora de compartilhar arquivos entre usuários. No caso de Chromebooks, ele se torna um pilar fundamental do seu ecossistema. De quebra, o armazenamento utiliza o poder de processamento e busca do Google para realizar pesquisas nos documentos guardados em sua nuvem.

Para quem deseja mais recursos e mais espaço em sua solução, o Google tem outro produto, chamado de Google One. Os planos de assinatura começam com 100 GB e permitem dividir o espaço com outros usuários por valores bastante competitivos.

4) Amazon Drive

Como um dos maiores fornecedores de serviços na nuvem do planeta, era evidente que a Amazon teria seu próprio disco virtual. Na verdade, são dois: S3, focado em clientes corporativos, e o mais acessível Amazon Drive, focado no grande público. Por definição, qualquer cliente Amazon tem um Amazon Drive, com 5 GB disponíveis, sem custo algum. Clientes do Amazon Prime tem benefícios extras no serviço de armazenamento na nuvem. Por outro lado, o S3 exige uma conta da Amazon Web Services.

O Amazon Drive oferece suporte para dispositivos em diversas plataformas, como iOS, Android, MacOS e Windows. No momento, apenas Linux está fora do ecossistema coberto nativamente pela solução. Um dos diferenciais do serviço, além da confiabilidade da gigante varejista, é usar a mesma tecnologia de backup diferencial do Dropbox, que apresenta resultados muito mais rápidos na hora de sincronizar arquivos.

No aspecto financeiro, Amazon Drive pode pesar um pouco mais no orçamento por apresentar somente dois planos de assinatura, com pagamento anual.

5) Box

Box não deve ser confundido com o rival Dropbox. Ambos são soluções de armazenamento em nuvem com nomes similares e sem nenhuma ligação com grandes corporações. No que diz respeito à qualidade oferecida, a diferença tampouco é significativa. Entretanto, para quem não quer pagar nada, Box é mais generoso que o Dropbox, com 10 GB liberados de graça

O real destaque do Box está em sua abordagem do trabalho colaborativo, como ferramenta de workflow de um grupo de trabalho. Esse foco permite compartilhamento de arquivos, cronograma de tarefas, troca de comentários e outros recursos que fogem do escopo desse artigo mas que podem ser o ponto de decisão de alguns usuários. O Box ainda soube aproveitar o melhor de dois mundos e traz integração tanto com o Google Docs quanto com o Microsoft Office 365.

Em termos de usuários domésticos, os preços do Box não são nem muito altos nem muito baixos. Em contrapartida, usuários corporativos, aqueles que mais se beneficiariam de suas funcionalidades colaborativas, encontram aqui planos relativamente econômicos que oferecem “armazenamento ilimitado” na nuvem.

6) iCloud

Como uma das vantagens de seu ambiente, a Apple oferece sua própria solução de armazenamento na nuvem. Nesse sentido, o iCloud está para o MacOS e o iOS como o OneDrive está para o Windows 10. Sua praticidade e sua facilidade de acesso funcionam como os principais usuários de suas plataformas, que não precisam procurar por outras soluções fora da caixa. Para muitos, iCloud é a nuvem que integra todos os seus dispositivos e sua identidade Apple. Usuários Windows também podem experimentar a alternativa, por sua própria vontade, desde que tenham uma ID Apple.

Na opinião de especialistas, a Apple não oferece uma solução competitiva e usufrui da vantagem de estar presente de imediato para seus usuários. Testes comparativos apontam lentidão na sincronização, falhas e uma velocidade geral abaixo da expectativa.

O iCloud também oferece somente 5 GB de armazenamento gratuito para usuários de MacOS ou iOS. Por outro lado, usuários Windows são tratados com ainda menos espaço e tem acesso a somente 1 GB. Em compensação, o serviço da Apple traz planos muito econômicos que cabem em qualquer orçamento.

7) IDrive

Os nomes para serviços de armazenamento na nuvem são muito parecidos, mas o IDrive também merece sua atenção, principalmente se for um cliente corporativo em busca de backups de um volume expressivo de arquivos. Embora o foco do serviço e suas principais vantagens sejam voltadas para esse tipo de necessidade, clientes domésticos também podem encontrar aqui uma alternativa a ser avaliada.

Com suas ferramentas, é possível fazer o backup de dispositivos inteiros, incluindo dispositivos móveis e servidores Linux. O iDrive também oferece segurança máxima com criptografia de nível militar e funcionalidades para acelerar o processo de backup.

O espaço gratuito é o quase padronizado 5 GB para todos os usuários. Entretanto, os planos pagos dispõem de limites generosos de armazenamento a preços camaradas.

8) Nextcloud

Nextcloud é a escolha para quem prefere fazer tudo por conta própria e não é recomendado para iniciantes. Essa é uma solução de código aberto que permite que o usuário configure seu serviço de nuvem pessoal, usando seus próprios servidores. Nesse caso, troca-se a comodidade de um serviço pronto pelo controle, a privacidade e a economia de uma alternativa caseira.

A configuração não é simples, entretanto, uma vez dominada a plataforma, não há assinaturas, não há terceiros envolvidos. Você irá armazenar quantos arquivos desejar nos servidores que você mesmo administra, seja localmente ou remotamente. O limite é aquele que você possui nas máquinas que controla.

A Nextcloud oferece planos pagos e, nesses casos, entram em cena os servidores remotos da empresa e o serviço se torna similar ao de seus principais concorrentes, porém com preços menos atrativos.

 

Carregando...

Você pode se interessar

Mega Hack 5ª Edição – A última jornada do ano vai começar
Notícias
8 visualizações
Notícias
8 visualizações

Mega Hack 5ª Edição – A última jornada do ano vai começar

Redação - 27 de outubro de 2020

A última edição do maior hackathon online do Brasil está com as inscrições abertas!

Como reduzir o ruido de fundo no microfone com aprendizado de máquina
Dicas
6 visualizações
Dicas
6 visualizações

Como reduzir o ruido de fundo no microfone com aprendizado de máquina

Carlos L. A. da Silva - 27 de outubro de 2020

Krisp é uma ferramenta gratuita que emprega algoritmos de Inteligência Artificial para identificar ruídos em tempo real.

Composer 2.0 está entre nós!
Artigos
8 visualizações
Artigos
8 visualizações

Composer 2.0 está entre nós!

Carlos L. A. da Silva - 26 de outubro de 2020

O melhor gerenciador de pacotes PHP atinge a maturidade com nova versão. Confira o que muda e como atualizar.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Promoções de Jogos do Final de Semana (23/10)
Notícias
20 visualizações
20 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (23/10)

Carlos L. A. da Silva - 23 de outubro de 2020
Você precisa conhecer YAML
Artigos
20 visualizações
20 visualizações

Você precisa conhecer YAML

Carlos L. A. da Silva - 20 de outubro de 2020
Promoções de Jogos do Final de Semana (16/10)
Notícias
29 visualizações
29 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (16/10)

Carlos L. A. da Silva - 16 de outubro de 2020
Os 7 piores erros de Excel da História
Artigos
30 visualizações
30 visualizações

Os 7 piores erros de Excel da História

Carlos L. A. da Silva - 15 de outubro de 2020