0 Compartilhamentos 745 Views 1 Comments

Recuperando arquivos de uma partição perdida

11 de janeiro de 2016

É meio vergonhoso trabalhar no meio de Informática e confessar que se cometeu um erro crasso, mas a verdade é que foi exatamente isso o que eu fiz. Felizmente, consegui aliviar o desastre com uma ferramenta gratuita da EaseUS. Mas eu chego lá.

Resumindo bastante uma longa história, eu precisei trocar meu HD no computador porque ele estava dando sinais de que iria parar de funcionar. Comprei um HD novo e transferi uma partição inteira de arquivos. Tudo muito trivial, se eu não tivesse recortado e colado ao invés de copiar e colar os arquivos. O HD novo estava literalmente com a única versão de diversos documentos (os mais importantes tinham backup na nuvem, ainda assim estamos falando de vários gigas aqui).

Ao tentar clonar a partição de sistema para uma partição do HD novo, cometi uma sucessão de equívocos que terminou com a aparente corrupção do HD novo. Todos os arquivos que eu já havia transferido estavam inacessíveis agora. É claro que em uma hora dessas você entra em desespero, em uma hora dessas você tenta de tudo para reverter a situação, em uma hora dessas você sempre descobre esse ou aquele arquivo único que, por algum motivo, não tem backup na nuvem.

desespero

Não, eu não sou ruiva, nem mesmo mulher. Nem uso laptop. Mas o sentimento… o sentimento era o mesmo.

É preciso entender que as ferramentas de undelete convencionais só conseguem recuperar seus documentos se tudo estiver bem com seu disco rígido. Após sucessivos experimentos para tentar restaurar a tabela de partições, o HD novo estava em um estado lastimável. Existem ferramentas profissionais, usadas inclusive por forças policiais e de investigação, que penetram nas entranhas do disco para recuperar dados. Mas, obviamente, são soluções absurdamente caras. Não sou uma empresa, sou um usuário comum.

Pesquisando na Internet, cheguei ao Data Recovery Wizard Free da EaseUS. Eu já tinha tentado muita coisa a essa altura do campeonato. A maioria das alternativas rodava a partir de um USB ou através de linha de comando ou qualquer outra alternativa que impediriam que eu seguisse trabalhando na máquina ou tivesse uma visão clara do que estava acontecendo. Essa não.

O programa da EaseUS identifica automaticamente discos sem partição e te guia através de uma interface tão simples que qualquer um pode usar.

drw-select-location-to-start-finding-data

Você apenas seleciona o lugar onde você imagina que estejam seus arquivos e manda o programa pesquisar. Ele irá fazer uma varredura setor por setor para encontrar os seus documentos e remontá-los. É um processo demorado, afinal seu HD está em um ponto que o Windows finge que ele nem existe.

Enquanto eu seguia trabalhando no Código Fonte, o Data Recovery Wizard Free estava rastreando sem precisar da minha intervenção. O consumo de memória e processamento é mínimo e não impacta.

Ao final do rastreamento, vi vários, vários dos meus arquivos aparecendo na tela. Arquivos que eu não via há dias, que não haviam sido detectados por outras ferramentas, ou que haviam sido detectados com nomes obscuros como afjafçjarweifaflçj.doc ou algo assim. A solução da EaseUS estava me oferecendo uma lista do que salvar, com seus nomes corretos, com seu caminho correto.

hd

A ferramenta gratuita tem uma limitação de 2GB para recuperação. A alternativa paga não cabia no meu orçamento, mas seria uma pechincha para uma empresa ou um técnico que trabalha com isso todos os dias. Mas 2GB estava de bom tamanho. Não era algo que eu iria usar para trazer todos eles de volta (até porque já tinha pego de volta o que estava na nuvem), mas era o instrumento através do qual eu iria trazer especificamente os mais críticos.

No final das contas, acabei descobrindo depois que o HD novo tinha defeito de fabricação e a loja chegou a me reembolsar. Eu não tinha culpa de ter destruído seu sistema de partição.

Mas a lição que tirei de tudo isso é: não menospreze seu backup, não tire seus arquivos de um HD para outro sem deixar uma cópia para trás. E, se tudo mais falhar, o Data Recovery Wizard dá um jeito. A ferramenta também funciona para aquele deletar acidental do cotidiano e é compatível com Mac, Android e iOS.

Carregando...

Você pode se interessar

10 jogos que todo programador deveria conhecer
Artigos
42 visualizações
Artigos
42 visualizações

10 jogos que todo programador deveria conhecer

Carlos L. A. da Silva - 1 de agosto de 2021

Jogos podem ser mais do que uma forma de entretenimento: podem também ser uma ferramenta de aprendizado.

Trybe e XP se unem na formação de novos desenvolvedores de software
Notícias
8 compartilhamentos183 visualizações
Notícias
8 compartilhamentos183 visualizações

Trybe e XP se unem na formação de novos desenvolvedores de software

Gabriel Fróes - 27 de julho de 2021

A Trybe e a XP Inc. se uniram e estão trazendo uma baita oportunidade pra você que quer entrar na área de desenvolvimento de softwares, quer muito ter uma excelente formação, mas não tem condições financeiras para tal. É a Turma XP que vai disponibilizar 300 vagas para o curso de desenvolvimento web da Trybe, […]

Lado a lado com a Inteligência Artificial: qual é o impacto que isso pode causar na programação?
Artigos
104 visualizações
Artigos
104 visualizações

Lado a lado com a Inteligência Artificial: qual é o impacto que isso pode causar na programação?

Carlos L. A. da Silva - 26 de julho de 2021

As máquinas vão dominar a programação e seu trabalho está ameaçado?

One Response

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Por que usar Tailwind CSS
Artigos
326 visualizações
326 visualizações

Por que usar Tailwind CSS

Carlos L. A. da Silva - 7 de julho de 2021
Os doze melhores scripts para galeria de imagens em 2021
Artigos
397 visualizações
397 visualizações

Os doze melhores scripts para galeria de imagens em 2021

Carlos L. A. da Silva - 28 de junho de 2021
Windows 11 vem aí?!
Artigos
519 visualizações
519 visualizações

Windows 11 vem aí?!

Carlos L. A. da Silva - 15 de junho de 2021
As “gambiarras” que os desenvolvedores de jogos utilizam
Artigos
680 visualizações
680 visualizações

As “gambiarras” que os desenvolvedores de jogos utilizam

Carlos L. A. da Silva - 6 de junho de 2021