0 Compartilhamentos 2675 Views 8 Comments

Windows 10: como criar uma imagem de sistema para restaurar o PC

24 de agosto de 2015

Ser obrigado a reinstalar o sistema operacional devido a algum problema ou desastre é sempre uma experiência extremamente desagradável, principalmente em casos de perda total ou parcial de dados.

Um disco rígido pode falhar, e você pode perder tudo o que havia nele, incluindo fotografias, vídeos, documentos importantes, programas instalados e quaisquer outros tipos de dados e informações.

A instalação de determinados drivers ou aplicativos também pode resultar em incompatibilidades, falhas, erros e situações que impedem o perfeito funcionamento do Windows (e, em alguns casos, até mesmo sua inicialização). Isto sem falar na presença de vírus, obviamente.

Os usuários também podem apagar informações sem querer. Partições e drives inteiros podem ser apagados indevidamente, devido a descuidos. São muitos os motivos que podem ocasionar problemas, perdas de dados e/ou falhas no Windows. Felizmente, também existem muitas alternativas de proteção.

Windows 10

Backups são essenciais, e você pode utilizar um software como o SyncBackFree (gratuito), por exemplo, e armazenar seus valiosos dados em CDs, DVDs, pendrives e HDs externos. O Windows 10 também conta com uma excelente ferramenta para a realização de backup, a qual trabalha inclusive com versionamento.

Mas existe uma outra maneira de lidarmos com isso. Uma maneira mais abrangente, digamos. Uma maneira que talvez não seja adequada à todas as situações e/ou usuários, mas que é capaz de garantir nossa segurança de forma extremamente interessante.

Estamos falando de imagens de sistema, cópias exatas de unidades e/ou partições. Uma imagem do sistema inclui o sistema operacional, todos os programas instalados, todas as configurações e também todos os arquivos do usuário.

Ou seja, no caso de um desastre qualquer, de uma falha no HD, de um problema no sistema operacional, tudo pode ser restaurado. Tudo pode ser restaurado e voltará a ser exatamente igual ao momento em que a imagem foi criada.

Se você tiver criado uma imagem de sistema, será possível restaurá-la completamente, mesmo se o disco rígido tiver sido formatado, mesmo se o disco rígido tiver sofrido alguma falha (neste caso, é claro, você deverá utilizar um outro HD).

Resumindo: uma imagem de sistema é um snapshot, um “instantâneo”: do sistema, do disco, incluindo softwares, configurações, arquivos pessoais e, é claro, todas as configurações e preferências. Uma imagem também permite que você tenha seu computador em condições operacionais novamente muito mais rapidamente.

Trata-se de uma excelente forma de proteção, mas vale lembrar que ela não deve substituir as rotinas de backup normais. No que diz respeito a cópias de segurança, é altamente recomendável utilizar mais de um método simultaneamente.

Digamos que é melhor pecar pelo excesso do que pela falta. Além disso, não vamos nos esquecer de que é bem mais simples e rápido recorrer aos backups tradicionais (e não à imagem de sistema) para a restauração de alguns arquivos e/ou pastas.

Vale lembrar que existem várias alternativas para a criação de imagens. Softwares como Acronis True Image, Paragon Backup & Recovery e alguns da EaseUS fazem todo o “trabalho árduo”, por exemplo. Diversas soluções de backup do mercado também contam com ferramentas para a recuperação de desastres (disaster recovery), como por exemplo o Genie Backup ou o NovaBACKUP.

Mas também existem alternativas gratuitas, e porque não usarmos uma inclusa no próprio sistema operacional? O Windows 10 também aprimorou e/ou manteve diversos recursos e funcionalidades de suas versões anteriores, incluindo o recurso para a criação de imagens do sistema (existente também no Windows 7, no Windows 8 e no Windows 8.1).

Criando uma imagem de sistema no Windows 10

Antes de continuarmos, lembre-se de que você deverá possuir uma unidade de grande capacidade, e que o tamanho da imagem será maior ou menor dependendo daquilo que você possui armazenado e instalado.

Utilize um HD secundário ou um HD externo USB para melhores resultados. Uma partição no mesmo disco rígido onde se encontra o Windows 10 também poderá ser criada/utilizada, mas observe que neste caso você poderá perder a imagem caso ocorra algum problema no disco. Vamos lá:

1) No Windows 10, clique no botão “Iniciar” e digite “histórico de arquivos” (sem aspas). Acesse então o atalho sugerido, conforme figura abaixo:

Windows 10 - Imagem do sistema

Obs: alternativamente, utilize o caminho “Painel de controle” ==> “Sistema e segurança” ==> “Histórico de arquivos”.

2) Na janela que será aberta em seguida, clique no link “Backup da Imagem do Sistema”, localizado no canto inferior esquerdo:

Windows 10 - Imagem do sistema

3) Na janela seguinte, utilize a opção “Criar uma imagem do sistema”, localizada à esquerda:

Windows 10 - Imagem do sistema

4) A janela de criação de imagens do sistema será aberta neste momento. O Windows irá detectar as unidades disponíveis para o armazenamento e permitirá que você selecione a desejada. Também é possível optar por DVDs ou por uma unidade de rede. Selecione a unidade e clique em “Avançar”:

Windows 10 - Imagem do sistema

5) A janela seguinte solicitará que você escolha as unidades que deverão ser inclusas na imagem. Conforme descrição na própria janela:

As unidades necessárias para que o Windows seja executado serão incluídas por padrão“.

Repare, portanto, que a unidade onde se encontra o sistema operacional já foi pré-selecionada (bem como a unidade destino). Clique no botão “Avançar”:

Windows 10 - Imagem do sistema

6) Na próxima janela, o sistema operacional exibirá um resumo, informando as unidades que serão copiadas e o destino escolhido. Verifique e confirme, clicando no botão “Iniciar backup”:

Windows 10 - Imagem do sistema

 Aguarde então o término do processo de backup.

Obs: lembre-se de que os procedimentos descritos neste tutorial são diferentes daqueles necessários para a criação de pontos de restauração.

7) Terminada a criação da imagem, o Windows perguntará se você deseja criar um disco de reparação. Este passo é totalmente opcional.

Restaurando a imagem de sistema no Windows 10

A partir de agora, você pode acessar as opções avançadas de inicialização do Windows 10 para restaurar a imagem criada. Uma forma rápida de obter acesso a estas opções é através do aplicativo de “Configurações” (Iniciar ==> Configurações).

Lá, acesse o grupo de opções “Atualização e segurança”, em seguida acesse “Recuperação” e então utilize a opção “Inicialização avançada”:

Windows 10 - Imagem do sistema

Para acessar as opções de inicialização avançadas, você também pode clicar em “Ligar/Desligar” ==> “Reiniciar” no menu “Iniciar”, enquanto mantém a tecla SHIFT pressionada.

Obviamente, você pode também plugar uma unidade de instalação do Windows 10 na máquina (criada com a “ferramenta de criação de mídia” da própria Microsoft) e reiniciá-la à partir de tal unidade, acessando então as opções “Avançadas”. Este é o método ideal no caso de problemas que impeçam o início do Windows, é claro.

Até a próxima!

Carregando...

Você pode se interessar

O que é o FLoC e como ele afeta sua privacidade na internet?
Artigos
50 visualizações
Artigos
50 visualizações

O que é o FLoC e como ele afeta sua privacidade na internet?

Carlos L. A. da Silva - 5 de maio de 2021

Federated Learning of Cohorts é uma API proposta pelo Google para substituir os cookies, mas ela também oferece problemas

Como planejar e construir um projeto de programação
Artigos
272 visualizações
Artigos
272 visualizações

Como planejar e construir um projeto de programação

Carlos L. A. da Silva - 19 de abril de 2021

O desenvolvedor full stack Peter Lynch revela seu método de preparação para qualquer projeto, de forma simples e direta para iniciantes e veteranos.

15 ferramentas de desenvolvimento para melhorar sua produtividade em 2021 sem gastar nada
Artigos
382 visualizações
Artigos
382 visualizações

15 ferramentas de desenvolvimento para melhorar sua produtividade em 2021 sem gastar nada

Carlos L. A. da Silva - 2 de abril de 2021

O cenário de desenvolvimento está em constante mudança e muitas vezes uma ferramenta nova pode agilizar muito seu trabalho.

8 Responses

  1. Boa noite,
    Eu tenho 2 notebooks exatamente iguais. Um deles teve problema no HD que precisou ser trocado. No entanto após a troca do HD e reinstalação do Windows o touchpad não funcionou mais. Eu reinstalei a mesma versão que veio na máquina, baixei os drivers e mesmo assim não funcionou.
    Estou pensando em usar essas suas dicas para criar uma imagem do notebook que ainda está com a instalação de fábrica e restaurá-lo no notebook que precisou trocar o HD.
    A imagem gerada pode ser instalada em outra máquina? Ela irá transferir as configurações e drivers?
    E a chave de licença do Windows? Cada máquina tem uma licença diferente, a imagem vai transportar a chave de uma máquina para outra? Isso não vai gerar incompatibilidade?
    Como pode ver são muitas dúvidas.
    Obrigado pela atenção.

    Resposta
    • Provavelmente funciona, exceto para a licença, que terá que ser corrigida após instanciar a imagem.

      Resposta
  2. Muito bom este tutorial , meu win esta dando erro toda hora , já fiz este procedimento por precação, obrigado pela dica!!!

    Resposta
  3. Boa Noite! Preciso saber se consigo fazer um agendamento para criar esta imagem toda madrugada. Sei que no Windows Server tem um script que conseguimos colocar no agendador ele faz isso para gente, criar a imagem na unidade desejada. No Windows 10 não veja este comando. Sabe de alguma coisa?

    Resposta

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

A tecnologia por trás do deep fake de Deep Nostalgia
Artigos
367 visualizações
367 visualizações

A tecnologia por trás do deep fake de Deep Nostalgia

Carlos L. A. da Silva - 22 de março de 2021
Como se tornar um Engenheiro DevOps em 2021
Artigos
342 visualizações
342 visualizações

Como se tornar um Engenheiro DevOps em 2021

Carlos L. A. da Silva - 1 de março de 2021
Seus dados vazaram. E agora?
Artigos
311 visualizações
311 visualizações

Seus dados vazaram. E agora?

Carlos L. A. da Silva - 19 de fevereiro de 2021