0 Compartilhamentos 238 Views

Validando a URL do Youtube com JavaScript e Expressão Regular

18 de setembro de 2012

Com esta função é possível validar se uma URL pertence ao Youtube.

Nesta função utilizei uma expressão regular que verifica se a string passada contém o domínio youtube.com.

É possível passar como parâmetro qualquer URL interna do Youtube.

Veja este código em funcionamento

Você pode se interessar

Dez habilidades essenciais para desenvolvedores em 2020
Artigos
5 visualizações
Artigos
5 visualizações

Dez habilidades essenciais para desenvolvedores em 2020

Carlos L. A. da Silva - 16 de janeiro de 2020

Amplie e aperfeiçoe seu arsenal de conhecimento com essas competências fundamentais.

Promoções de Jogos do Final de Semana (10/01)
Notícias
17 visualizações
Notícias
17 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (10/01)

Carlos L. A. da Silva - 10 de janeiro de 2020

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

A IA do Google derrubou o câncer de mama? Não exatamente
Artigos
18 visualizações
Artigos
18 visualizações

A IA do Google derrubou o câncer de mama? Não exatamente

Carlos L. A. da Silva - 10 de janeiro de 2020

DeepMind apresentou bons resultados no diagnóstico, mas ainda é muito cedo para tecnologia substituir profissionais gabaritados.

Mais publicações

Mudanças no YouTube para conteúdo infantil já estão valendo
Notícias
18 visualizações
18 visualizações

Mudanças no YouTube para conteúdo infantil já estão valendo

Carlos L. A. da Silva - 7 de janeiro de 2020
Frameworks de servidor HTTP para Dart
Artigos
30 visualizações
30 visualizações

Frameworks de servidor HTTP para Dart

Carlos L. A. da Silva - 6 de janeiro de 2020
Promoções de Jogos do Final de Semana (03/01)
Notícias
19 visualizações
19 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (03/01)

Carlos L. A. da Silva - 3 de janeiro de 2020
Como confirmar a exclusão de arquivos no Windows 10
Dicas
25 visualizações
25 visualizações

Como confirmar a exclusão de arquivos no Windows 10

Carlos L. A. da Silva - 2 de janeiro de 2020