0 Compartilhamentos 7 Views

Como enlouquecer os rastreadores de internet

18 de setembro de 2019

Privacidade é uma moeda valiosa na internet e a maioria dos anunciantes opta por sacrificar um direito seu pela possibilidade de criar um perfil exato de seu comportamento, seus hábitos e seus gostos dentro e fora do mundo virtual. Esse rastreamento de suas atividades é realizada através de cookies implantados em todos os sites, que coletam dados que muitas vezes são compartilhados ou utilizados sem o seu consentimento.

Se alguma vez na web você fez uma pesquisa sobre determinado assunto ou realizou uma compra, já deve ter reparado a quantidade absurda de anúncios relacionados ao tema que aparecem quase como mágica por todos os sites. Isso é resultado do perfil montado do usuário, que irá segui-lo por toda parte, para o bem ou para o mal.

A Mozilla se preocupa com essa prática que viola a privacidade dos usuários e está adotando medidas mais rígidas no Firefox para restringir o poder desses rastreadores. Enquanto isso, meio que como uma brincadeira, a fundação criou Track This, um serviço que se propõe a embaralhar o seu perfil, confundindo os rastreadores com comportamentos e hábitos falsos.

O sistema é simples, mas engenhoso: se os rastreadores funcionam à base de cookies de páginas visitadas, porque não injetar uma grande dose de informações que não correspondem ao usuário? O Track This abre então nada menos que 100 abas diferentes no seu navegador, oferecendo de uma vez só uma carga maciça de dados para os rastreadores, de acordo com perfis falsos.

Desta forma, é possível fingir ser um super-milionário, um influenciador digital, um paranoico obcecado com o fim do mundo ou alguém antenado com as últimas novidades. Escolha um dos quatro perfis listados (de preferência o mais distante possível de seu perfil real) e abra 100 abas de uma vez.

Segundo a Mozilla, a brincadeira deve deixar os rastreadores confusos por alguns dias, até que eles consigam remontar seu perfil baseado em seus hábitos reais. Não se espante se ver anúncios focados nos super-ricos ou mesmo propagandas conspiracionistas, de acordo com sua escolha de perfil no Track This.

O serviço é mais do que uma curiosidade de internet: é um alerta. Nas palavras de seus criadores:

Você está sendo seguido pela Web por cookies – pequenos arquivos de dados armazenados pelo seu navegador – que lembram coisas como preferências de idioma, sites que você visitou ou o que está no seu carrinho de compras. Isso pode parecer bom, mas fica nebuloso quando corretores de dados e redes de publicidade também usam cookies para coletar informações sobre seus hábitos na Internet sem o seu consentimento. Você ainda deve ter controle sobre o que os anunciantes sabem sobre você – se eles sabem algo sobre você – o que pode ser difícil quando os rastreadores da Web operam fora da vista.

Track This funciona como um aviso de que os rastreadores são reais e podem saber mais sobre você do que você imagina.

Você pode se interessar

A história de Amazônia, o primeiro jogo brasileiro!
Artigos
7 visualizações
Artigos
7 visualizações

A história de Amazônia, o primeiro jogo brasileiro!

Carlos L. A. da Silva - 17 de setembro de 2019

Como um programador iniciante criou um adventure clássico que atravessou décadas.

VIM (Amado ou Odiado?) // Dicionário do Programador
Vídeos
5 visualizações
Vídeos
5 visualizações

VIM (Amado ou Odiado?) // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 16 de setembro de 2019

Uma poderosa ferramenta, que dispensa apresentações, e vem sendo utilizada por muitas gerações de programadores.

Promoções de Jogos do Final de Semana (13/09)
Notícias
9 visualizações
Notícias
9 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (13/09)

Carlos L. A. da Silva - 13 de setembro de 2019

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

Mais publicações

Como usar os novos atributos de link do Google
Dicas
9 visualizações
9 visualizações

Como usar os novos atributos de link do Google

Carlos L. A. da Silva - 11 de setembro de 2019
Golang (A Linguagem do Futuro?) // Dicionário do Programador
Vídeos
6 visualizações
6 visualizações

Golang (A Linguagem do Futuro?) // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 9 de setembro de 2019