0 Compartilhamentos 446 Views

Como evitar perder o sono de noite com a tecnologia

22 de outubro de 2015

Pesquisas científicas comprovaram que ficar com os olhos fixos em uma tela digital até altas horas pode comprometer a qualidade do sono e até gerar insônia.

Esse fenômeno é causado pela luz azul emitida por telas de LED, que inibem a produção de melatonina no seu organismo. Sem a melatonina, seu corpo entende que ainda é hora de ficar acordado e o resultado é aquela noite mal-dormida.

A solução mais simples seria cortar o uso de monitores, tablets e smartphones uma hora antes do horário de dormir, mas nem sempre isso é possível. Felizmente, a própria tecnologia já se deu conta do problema e existem soluções para cortar a emissão do comprimento de luz azul em seus dispositivos.

tecnologia

Para PCs e notebooks, existe um programa gratuito chamado Flux, que ajusta a intensidade da luz na sua tela e filtra a cor azul gradativamente à medida que a luz natural do dia vai se esvaindo. O processo é lento, se estende por horas e a transição nem chega a ser percebida pelo usuário. Mas o resultado é a redução da temperatura da cor no seu monitor para níveis confortáveis que não irão atrapalhar seu padrão de sono. Quando o Sol nasce novamente, o programa que roda sem a intervenção do usuário, irá reajustar a intensidade e a temperatura das cores automaticamente outra vez.

Para Android, uma alternativa é o Twilight, com um um funcionamento bastante similar. Ao contrário do Flux, o aplicativo oferece mais flexibilidade ao usuário para fazer ajustes de acordo com o seu gosto, mas essa vantagem também pode se tornar um contraponto se o usuário ignorar os parâmetros mínimos de configuração para descansar sua visão. Ele também pode ser ajustado para funcionar automaticamente de acordo com o horário local ou mesmo ser desativado por completo, para atividades que exigem precisão de cores.

No iOS não há uma solução oficialmente disponível, uma vez que a Apple é extremamente restritiva em oferecer acesso a desenvolvedores aos controles de tela de seus dispositivos. Um iPhone ou iPad com jailbreak poderia rodar o Flux, mas isso seria uma violação da garantia do aparelho. A recomendação de especialistas é usar uma proteção de tela física, uma capa que seja capaz de filtrar a saída da luz azul do seu portátil Apple. Esse tipo de acessório às vezes é chamado de Sleep Shield, justamente por sua habilidade de ajudar o usuário a ter um sono de qualidade após o uso intenso de seu gadget.

Carregando...

Você pode se interessar

O que é o FLoC e como ele afeta sua privacidade na internet?
Artigos
44 visualizações
Artigos
44 visualizações

O que é o FLoC e como ele afeta sua privacidade na internet?

Carlos L. A. da Silva - 5 de maio de 2021

Federated Learning of Cohorts é uma API proposta pelo Google para substituir os cookies, mas ela também oferece problemas

Como planejar e construir um projeto de programação
Artigos
266 visualizações
Artigos
266 visualizações

Como planejar e construir um projeto de programação

Carlos L. A. da Silva - 19 de abril de 2021

O desenvolvedor full stack Peter Lynch revela seu método de preparação para qualquer projeto, de forma simples e direta para iniciantes e veteranos.

15 ferramentas de desenvolvimento para melhorar sua produtividade em 2021 sem gastar nada
Artigos
378 visualizações
Artigos
378 visualizações

15 ferramentas de desenvolvimento para melhorar sua produtividade em 2021 sem gastar nada

Carlos L. A. da Silva - 2 de abril de 2021

O cenário de desenvolvimento está em constante mudança e muitas vezes uma ferramenta nova pode agilizar muito seu trabalho.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

A tecnologia por trás do deep fake de Deep Nostalgia
Artigos
363 visualizações
363 visualizações

A tecnologia por trás do deep fake de Deep Nostalgia

Carlos L. A. da Silva - 22 de março de 2021
Como se tornar um Engenheiro DevOps em 2021
Artigos
338 visualizações
338 visualizações

Como se tornar um Engenheiro DevOps em 2021

Carlos L. A. da Silva - 1 de março de 2021
Seus dados vazaram. E agora?
Artigos
307 visualizações
307 visualizações

Seus dados vazaram. E agora?

Carlos L. A. da Silva - 19 de fevereiro de 2021