0 Compartilhamentos 200 Views

Como liberar mais espaço em um dispositivo Android

Você pode comprar o aparelho Android mais sofisticado, mais caro e poderoso do mercado mas inevitavelmente chegará aquele momento que todos temem: acabou o espaço de armazenamento.

Se você não aguenta mais comprar cartões de memória e não cabe mais nenhum aplicativo no aparelho, nós vamos te ensinar como gerenciar esse espaço de armazenamento aí… e espremer alguns megabytes aqui e ali.

Libere suas fotos e vídeos

Por mais que seja conveniente para mostrar as fotos e os vídeos para os amigos em uma roda de conversa, não há necessidade de seu dispositivo móvel ainda guardar aquela filmagem do Réveillon de 2015 (por mais que ele tenha sido inesquecível) ou aquelas fotos da obra do apartamento que você já vendeu. Principalmente se esse material já foi arquivado em outro lugar.

A nossa primeira recomendação é: não use seu aparelho Android como disco de armazenamento multimídia. Ele pode até ter uma câmera, mas não é um HD. Com qualquer cabo USB barato (até mesmo aquele que você usa para carregar a bateria do dispositivo), você pode recortar esses arquivos e colocá-los no PC.

Dá muito trabalho usar o cabo USB? Parece gambiarra? Nem mesmo tem um PC? Então, tendo à mão uma conexão WiFi gratuita, você pode copiar toda sua galeria para a nuvem. Serviços como o Dropbox ou o Flickr facilitam sua vida, mas se o seu dispositivo está tão lotado que não cabe mais aplicativo algum, você sempre pode tentar o Google Photos nativo da plataforma.

A grande vantagem do Google Photos (além de já vir instalado por padrão) é oferecer espaço ilimitado na nuvem para fotos de até 16 megapixels e vídeos de até 1080 pixels de resolução. E, a menos que você seja um fotógrafo profissional ou um videomaker (ainda se usa esse termo?), todos os seus arquivos irão se encaixar nessa “limitação”.

Fiscalize seus aplicativos

Outros grandes vilões do consumo de armazenamento são os próprios aplicativos. Principalmente os jogos. Então, não é uma boa ideia mantê-los instalados depois que sua utilidade acabou (ou a aventura foi zerada).

Você pode visualizar facilmente o quanto cada aplicativo está consumindo no menu Configurações | Armazenamento e, em seguida, clicando na área de dados de aplicativos. O sistema operacional irá listar os aplicativos em ordem decrescente de espaço consumido. Prepare-se para algumas surpresas e, talvez, decisões difíceis de desinstalação.

Se livre do “lixo”

Em Configurações | Armazenamento também é possível visualizar duas áreas normalmente negligenciadas do armazenamento: Downloads e Dados em cache.

O primeiro contém arquivos baixados da internet, documentos, APKs, imagens e pode conter material descartável que não tem mais necessidade de ser guardado no dispositivo.

Já os Dados em cache são uma opção tentadora de remoção, uma vez que costumam ocupar um espaço significativo de armazenamento. Entretanto, é bom lembrar que a partir dessa opção você estará apagando dados guardados de todos os aplicativos, o que pode levar a um consumo maior de banda (e, consequentemente do plano de dados) para puxar novamente informações importantes que antes ficavam armazenadas localmente e também levar até mesmo a um comportamento errático de alguns aplicativos. Apague por sua conta e risco.

 

Você pode se interessar

5 fatos que todo departamento de TI pode aprender com Fortnite
Artigos
7 visualizações
Artigos
7 visualizações

5 fatos que todo departamento de TI pode aprender com Fortnite

Carlos L. A. da Silva - 1 de julho de 2019

O Departamento de TI de uma empresa não é apenas um lugar onde os caras jogam Fortnite o dia inteiro. Grandes desastres podem vir de lá também...

Promoções de Jogos do Final de Semana (28/06)
Notícias
8 visualizações
Notícias
8 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (28/06)

Carlos L. A. da Silva - 28 de junho de 2019

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

FIREBASE Database na Prática com JAVASCRIPT PURO // Mão no Código #14
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,806 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,806 visualizações

FIREBASE Database na Prática com JAVASCRIPT PURO // Mão no Código #14

Thais Cardoso de Mello - 27 de junho de 2019

Vamos mostrar na prática pra vocês como é SIMPLES DEMAIS manipular o Realtime Database (noSQL) do Firebase usando JavaScript puro e o SDK "marrrravilhoso" que o pessoal do Google Cloud criou.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Como baixar o novo Windows Terminal
Dicas
18 visualizações
18 visualizações

Como baixar o novo Windows Terminal

Carlos L. A. da Silva - 26 de junho de 2019
Libra: o que sabemos sobre a criptomoeda do Facebook
Artigos
12 visualizações
12 visualizações

Libra: o que sabemos sobre a criptomoeda do Facebook

Carlos L. A. da Silva - 25 de junho de 2019
WebAssembly // Dicionário do Programador
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,810 visualizações
1,655 compartilhamentos6,810 visualizações

WebAssembly // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 24 de junho de 2019
Promoções de Jogos do Final de Semana (21/06)
Notícias
10 visualizações
10 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (21/06)

Carlos L. A. da Silva - 21 de junho de 2019