0 Compartilhamentos 188 Views

Ashampoo ZIP Free: compacte e descompacte arquivos sem complicação

11 de fevereiro de 2015

Compactar e descompactar arquivos é uma necessidade presente no dia a dia dos usuários de computadores. Existem diversos programas que cumprem esta tarefa, diversos utilitários, tanto pagos quanto gratuitos.

Um aplicativo pertencente a este gênero foi recentemente lançado pela Ashampoo, desenvolvedora de software alemã fundada no final da década de 90 que possui em seu portfolio uma série de aplicativos interessantes e úteis, alguns deles bastante conhecidos, como o WinOptimizer e o Burning Studio, por exemplo.

O Ashampoo ZIP Free é a edição gratuita de um outro software da empresa, o Ashampoo ZIP Pro. Ambos foram lançados na mesma data, e são muito bons, fáceis de usar e repletos de recursos, além de contarem com uma interface muito bonita. Obviamente, a versão Pro é paga, e conta com recursos a mais, mas a versão gratuita também é muito boa e pode suprir as necessidades de muita gente.

O Ashampoo ZIP Free, além disso, está traduzido em mais de 20 idiomas, incluindo o Português do Brasil. Ele também conta com integração ao menu de contexto do Windows, e o usuário pode compactar e descompactar arquivos à partir daí, sem sequer abrir o programa principal.

Ashampoo ZIP Free

A criação de arquivos compactados (além da descompactação, claro) também pode ocorrer através da interface principal do programa, e aqui o usuário pode definir o nível de compressão, se deseja ou não utilizar criptografia AES, e diversas outras opções.

O programa também permite o envio dos arquivos através de e-mail, e exibe “prévias” (miniaturas) dos arquivos, caso se trate de imagens.

Os seguintes formatos de arquivos podem ser gerados com o Ashampoo ZIP Free:

  • .ZIP;
  • .7-ZIP;
  • .CAB;
  • .TAR (TAR, TAR.GZ, TAR.BZ2, TAR.XZ);
  • .LHA

Já quando se trata de extração, mais de  30 formatos são suportados, incluindo .RAR, .ZIPX, .ARJ, .ZIP e ARC. O software também é capaz de reparar arquivos compactados corrompidos, e permite a criação de arquivos SFX (self-extracting archive), função esta geralmente presente apenas em versões pagas de aplicativos semelhantes.

Um SFX é uma espécie de “pacote” na forma de um arquivo executável. O usuário pode criar tal “pacote” e então enviá-lo para quem bem desejar. Este único arquivo pode conter documentos, imagens, e vários outros tipos de arquivos.

Ashampoo ZIP Free

A pessoa que receber tal .EXE não precisa possuir um programa de compactação instalado em seu computador, esta é a grande vantagem: basta executar o .EXE e pronto. Tudo será descompactado.

A criação de arquivos .SFX no programa da Ashampoo é muito fácil, e um prático wizard guia o usuário durante todos os passos. E o programa, vale lembrar mais uma vez, é totalmente gratuito.

Clique aqui para baixar o Ashampoo ZIP Free

Você pode se interessar

Como enlouquecer os rastreadores de internet
Dicas
7 visualizações
Dicas
7 visualizações

Como enlouquecer os rastreadores de internet

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2019

Track This é um experimento criado pelo time do Firefox que vai alterar completamente o perfil que os anunciantes tem de você.

A história de Amazônia, o primeiro jogo brasileiro!
Artigos
8 visualizações
Artigos
8 visualizações

A história de Amazônia, o primeiro jogo brasileiro!

Carlos L. A. da Silva - 17 de setembro de 2019

Como um programador iniciante criou um adventure clássico que atravessou décadas.

VIM (Amado ou Odiado?) // Dicionário do Programador
Vídeos
6 visualizações
Vídeos
6 visualizações

VIM (Amado ou Odiado?) // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 16 de setembro de 2019

Uma poderosa ferramenta, que dispensa apresentações, e vem sendo utilizada por muitas gerações de programadores.

Mais publicações

Promoções de Jogos do Final de Semana (13/09)
Notícias
10 visualizações
10 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (13/09)

Carlos L. A. da Silva - 13 de setembro de 2019
Como usar os novos atributos de link do Google
Dicas
11 visualizações
11 visualizações

Como usar os novos atributos de link do Google

Carlos L. A. da Silva - 11 de setembro de 2019