0 Compartilhamentos 181 Views

32 milhões de credenciais do Twitter estão à venda no mercado negro

O mesmo responsável pelo vazamento maciço do VK.com, colocou à venda no mercado negro um banco de dados contendo mais de 32 milhões de credenciais de acesso ao Twitter.

A rede social se defende e alega que não houve vazamentos e que os logins e senhas disponíveis no lote comercializado foram coletados diretamente dos usuários através de malware.

O hacker identificado como Tessa88 também teria ligações com os grupos responsáveis pelos vazamentos recentes do LinkedIn, Tumblr e MySpace. Inicialmente, o cibercriminoso alegou possuir dados de 379 milhões de contas do Twitter, datando do início de 2015. Como o número oficial de usuários registrados na rede social na época era de 310 milhões de usuários ativos, especulou-se que o banco de dados conteria realmente informações de todos que já passaram pelo Twitter, inclusive contas inativas.

Uma pesquisa realizada por especialistas de segurança que tiveram acesso ao lote oferecido por Tessa88 concluiu que a maior parte das entradas são repetidas mais de uma vez para inflar o volume e que, na verdade, a oferta abrange dados de “apenas” 32 milhões de contas de usuários. O hacker está vendendo o pacote completo por 10 bitcoins, o equivalente a quase 20 mil reais.

“Nós estamos seguros de que estes nomes de usuários e credenciais não foram obtidos por um vazamento de dados do Twitter – nossos sistemas não foram violados. Na verdade, nós estamos trabalhando para ajudar a manter as contas protegidos conferindo nossos dados contra aqueles que foram compartilhados de outros vazamentos recentes”, afirma o Twitter.

Especialistas independentes confirmaram a autenticidade de inúmeras amostras de credenciais que fazem parte do banco de dados negociado no mercado negro. Mas também corroboram a versão do Twitter e acreditam ser altamente improvável um acesso não-autorizado aos sistemas da rede social. O fato das senhas expostas estarem armazenadas em texto puro sugere que elas podem ter sido extraídas de navegadores em sistemas de usuários comprometidos pela ação de malwares.

Você pode se interessar

Google vs. Oracle: a batalha que nunca termina
Artigos
6 visualizações
Artigos
6 visualizações

Google vs. Oracle: a batalha que nunca termina

Carlos L. A. da Silva - 18 de novembro de 2019

Suprema Corte dos Estados Unidos vai reabrir o caso, a pedido do Google. Entenda como tudo aconteceu e o que pode vir ainda pela frente.

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/11)
Notícias
15 visualizações
Notícias
15 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/11)

Carlos L. A. da Silva - 15 de novembro de 2019

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

7 Passos para preparar sua loja online para a Black Friday e o Natal
Artigos
16 visualizações
Artigos
16 visualizações

7 Passos para preparar sua loja online para a Black Friday e o Natal

Carlos L. A. da Silva - 12 de novembro de 2019

Chegou aquela época do ano que os lojistas adoram e o desafio está lançado: sua loja online está preparada?

Mais publicações

Pipeline (CD/CI) // Dicionário do Programador
Vídeos
9 visualizações
9 visualizações

Pipeline (CD/CI) // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 11 de novembro de 2019
Promoções de Jogos do Final de Semana (09/11)
Notícias
17 visualizações
17 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (09/11)

Carlos L. A. da Silva - 9 de novembro de 2019
Como se Tornar um Cientista de Dados de Sucesso // Vlog #105
Vídeos
9 visualizações
9 visualizações

Como se Tornar um Cientista de Dados de Sucesso // Vlog #105

Thais Cardoso de Mello - 7 de novembro de 2019
Aprenda a acelerar a performance de sites com “premonição”
Artigos
20 visualizações
20 visualizações

Aprenda a acelerar a performance de sites com “premonição”

Carlos L. A. da Silva - 5 de novembro de 2019