0 Compartilhamentos 169 Views

Facebook testa tecnologia para rastrear movimento do cursor do mouse

30 de outubro de 2013
Rede social está testando ferramenta para rastrear até o cursor do mouse

Rede social está testando ferramenta para rastrear até o cursor do mouse

Segundo uma reportagem do The Wall-Street Journal, o Facebook está testando uma nova tecnologia, capaz de “rastrear” o cursor do mouse dos usuários. Dessa forma, a rede social poderá coletar dados das interações dos usuários com o conteúdo, além de identificar por quanto tempo o mouse fica “suspenso” sobre determinadas partes do site.

A publicação conversou com o chefe de análises da rede social, Ken Rudin, e o executivo afirmou que a informação obtida pode ser incluída em uma espécie de armazém de análise de dados, que pode ser utilizado pela companhia para uma gama enorme de propósitos, como por exemplo o aprimoramento do targeting de anúncios.

Atualmente, o Facebook coleta dois tipos básicos de dados (demográficos e comportamentais). Os dados demográficos mostram informações sobre a vida além da internet, enquanto os dados comportamentais mostram informações relativas às atividades realizadas na rede social. De acordo com Rudin, a nova tecnologia do Facebook vai incrementar significativamente a base de dados comportamentais. O executivo afirma que os testes com duas tecnologias desse tipo já estão sendo feitos, mas apenas daqui a alguns meses que a empresa terá uma boa noção de qual deverá ser incluída na rede.

O Facebook não é a primeira empresa a registrar esse tipo de atividade: a Shutterstock, serviço online de banco de imagens, grava literalmente tudo o que o usuário faz na página. A empresa utiliza o sistema Hadoop para analisar dados como onde os usuários do site posicionam o cursor do mouse em uma imagem, antes de comprá-la.

O Hadoop é um framework open-source, utilizado para armazenar grandes quantidades de dados em grupos de máquinas baratas. A ferramenta já é amplamente utilizada pelo Facebook, que desenvolveu hardware próprio para armazenar esses dados em massa, e que já cresceu mais de 4 mil vezes nos últimos quatro anos, para um total de 300 petabytes. A empresa utiliza uma versão modificada do Hadoop, para gerenciar esses dados., e existem camadas de softwares no topo do Hadoop, para garantir seu valor e possibilitar que a rede social obtenha acesso a essas informações.

Você pode se interessar

Promoções de Jogos do Final de Semana (17/01)
Notícias
11 visualizações
Notícias
11 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (17/01)

Carlos L. A. da Silva - 17 de janeiro de 2020

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

Dez habilidades essenciais para desenvolvedores em 2020
Artigos
13 visualizações
Artigos
13 visualizações

Dez habilidades essenciais para desenvolvedores em 2020

Carlos L. A. da Silva - 16 de janeiro de 2020

Amplie e aperfeiçoe seu arsenal de conhecimento com essas competências fundamentais.

Promoções de Jogos do Final de Semana (10/01)
Notícias
19 visualizações
Notícias
19 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (10/01)

Carlos L. A. da Silva - 10 de janeiro de 2020

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

Mais publicações

A IA do Google derrubou o câncer de mama? Não exatamente
Artigos
20 visualizações
20 visualizações

A IA do Google derrubou o câncer de mama? Não exatamente

Carlos L. A. da Silva - 10 de janeiro de 2020
Mudanças no YouTube para conteúdo infantil já estão valendo
Notícias
21 visualizações
21 visualizações

Mudanças no YouTube para conteúdo infantil já estão valendo

Carlos L. A. da Silva - 7 de janeiro de 2020
Frameworks de servidor HTTP para Dart
Artigos
32 visualizações
32 visualizações

Frameworks de servidor HTTP para Dart

Carlos L. A. da Silva - 6 de janeiro de 2020
Promoções de Jogos do Final de Semana (03/01)
Notícias
21 visualizações
21 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (03/01)

Carlos L. A. da Silva - 3 de janeiro de 2020