0 Compartilhamentos 149 Views

Quem matou a Enciclopédia Britânica?

15 de março de 2012

Sua estante vai ganhar espaço...
Desde 1768, a Enciclopédia Britânica foi uma referência mundial em termos de fonte de conhecimento e presença quase obrigatória nas estantes de muitas famílias. A partir deste ano, sua versão impressa deixa de existir e os esforços de produção irão se concentrar somente na versão online. O que aconteceu?

Segundo o historiador Yoni Appelbaum, consultado pela revista eletrônica Wired,a Enciclopédia Britânica desde sua fundação era mais sobre a “exibição do conhecimento” do que pelo seu conteúdo em si, um símbolo de status para uma burguesia europeia emergente. “Eu suspeito que quase ninguém jamais abriu sua Britânica”.

Ao contrário do que possa parecer, não foi o surgimento da Wikipedia que matou a enciclopédia tradicional, mas o advento da computação doméstica. Os primeiros computadores vendidos para as famílias tinham como chamariz a tal “fonte de conhecimento”. Junto com os primeiros Windows, a Microsoft distribuía gratuitamente a Encarta, versão digital dos livros do passado. Para muitas famílias, investir em um computador para os seus filhos era o equivalente a comprar uma Enciclopédia Britânica.

Ironicamente, a Microsoft queria que os criadores da Britânica produzissem uma versão em CD-ROM para acompanhar o Windows 1.0 em 1980, mas não foram atendidos. O resultado foi uma parceria com a editora Funk & Wagnall que gerou a Encarta. A Britânica correria atrás do prejuízo em 1989, quando finalmente lançou uma versão digital. Mas já era tarde demais. A empresa faliu e foi vendida em 1996, cinco anos antes da Wikipedia ser lançada.

As últimas unidades dos 32 volumes da Enciclopédia Britânica estão sendo vendidas agora. Quando acabarem, o estoque não será mais renovado. E um legado de 244 anos chegará ao fim diante das novas tecnologias.

.

Você pode se interessar

Vídeos
1,655 compartilhamentos6,805 visualizações

Reagindo a Vagas de Estágio // Vlog React #91

Thais Cardoso de Mello - 21 de março de 2019

Confira no vídeo se o que dizem sobre os estágio no Brasil realmente faz sentido.

A Inteligência Artificial que era perigosa demais
Artigos
3 visualizações
Artigos
3 visualizações

A Inteligência Artificial que era perigosa demais

Carlos L. A. da Silva - 21 de março de 2019

A estranha história da pesquisa que precisou ser engavetada por um bom motivo...

TypeScript // Dicionário do Programador
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,808 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,808 visualizações

TypeScript // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 18 de março de 2019

TypeScript é o termo falado nesse Dicionário do Programador, conheça mais sobre o assunto.

Mais publicações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)
Notícias
12 visualizações
12 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)

Carlos L. A. da Silva - 15 de março de 2019
Mega Bate-Papo com o Programador BR (feat. Igor Oliveira) // CDF Entrevista
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações
World Wide Web completa 30 anos!
Notícias
13 visualizações
13 visualizações

World Wide Web completa 30 anos!

Carlos L. A. da Silva - 12 de março de 2019
Ada Lovelace: o cérebro que nunca morre
Artigos
136 visualizações1
136 visualizações1

Ada Lovelace: o cérebro que nunca morre

Carlos L. A. da Silva - 12 de março de 2019