0 Compartilhamentos 508 Views

Ubisoft revela que Far Cry 4 vendeu 300 mil unidades no Brasil

29 de janeiro de 2015

Parece que os jogadores brasileiros também gostaram bastante do mundo aberto de Far Cry 4. A Ubisoft revelou que o shooter já vendeu mais de 300 mil unidades no Brasil, desde o seu lançamento, em Novembro.

Ambientado em um enorme e belíssimo mundo aberto, nas alturas do Himalaia, Far Cry 4 tem como protagonista Ajay Ghale, que apesar de ter nascido em Kyrat, o local onde a trama acontece, viveu na América por muito tempo e retorna à sua terra natal a fim de realizar o último desejo de sua mãe.

O título conta com uma série de novidades em relação a seu antecessor, lançado em 2012. Novidades que também podem ser percebidas em meio à natureza e à vida selvagem da região, incluindo os elefantes, que podem ser caçados ou então utilizados como montaria.

Far Cry 4

Temos também os mini-helicópteros, os quais podem ser utilizados simplesmente como meio de transporte ou então como veículos de ataque. Atacar um posto avançado utilizando um destes veículos voadores pode ser bem interessante, principalmente porque à bordo deles também podemos lançar granadas e coquetéis molotov. Usá-los para observar os lindíssimos cenários do alto também vale, é claro, e a experiência é verdadeiramente surpreendente.

Far Cry 4 é divertido e imprevisível, mistura mundo selvagem com gameplay sistêmico e tem um tom politicamente incorreto que o público brasileiro adora. Agradecemos a todos que acreditaram nesse novo projeto da Ubisoft e esperamos que estejam curtindo bastante o jogo.

A marca de 300 mil cópias vendidas em apenas dois meses é mais uma a ser comemorada e vamos continuar investindo para fomentar o mercado nacional de games“, disse Bertrand Chaverot, diretor da Ubisoft na América Latina.

Realmente, esta marca é algo a ser comemorado. Cheio de elementos instigantes e de situações inusitadas, além de tudo, Far Cry 4 também pode se transformar, muitas vezes, em um enorme playground virtual, como ocorre em diversos games de mundo aberto.

Far Cry 4

O FPS permite que adotemos diversos tipos de abordagens, nas mais diferentes situações. Podemos tanto chegar “explodindo tudo” quanto adotar métodos mais furtivos, mais stealth. A riqueza do cenário e a liberdade que temos são enormes, e se você desejar permanecer horas e horas simplesmente dirigindo pelas estradas e provocando o exército inimigo de Pagan Min, tudo bem. A diversão será também bem grande.

E se você ainda não iniciou sua jornada em Kyrat, dê uma olhada no trailer de lançamento do game:

Carregando...

Você pode se interessar

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
83 visualizações
Artigos
83 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021

O inglês Clive Marles Sinclair nasceu de uma família de engenheiros. Seu avô foi engenheiro, assim como o seu pai. Com um talento natural pela Matemática e um forte interesse em eletrônica, ele se tornaria uma página importante da popularização da computação em diversas partes do mundo, construindo um legado que se perpetuará por anos […]

A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
195 visualizações
Artigos
195 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021

Vacinas contra o coronavírus contam com aparato sofisticado de cibersegurança que bateu de frente com tentativa de ação de hackers.

Top 25 comandos do Git
Artigos
334 visualizações
Artigos
334 visualizações

Top 25 comandos do Git

Carlos L. A. da Silva - 28 de agosto de 2021

Git é uma mão na roda para source control, mas pode ficar melhor ainda conhecendo os comandos certos.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro
Artigos
389 visualizações
389 visualizações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro

Carlos L. A. da Silva - 20 de agosto de 2021
10 jogos que todo programador deveria conhecer
Artigos
703 visualizações
703 visualizações

10 jogos que todo programador deveria conhecer

Carlos L. A. da Silva - 1 de agosto de 2021