0 Compartilhamentos 151 Views

YouTube reforça regras para combater conteúdo impróprio para menores

23 de novembro de 2017

O YouTube anunciou uma série de reforço em suas regras de política de uso para combater conteúdo impróprio que estaria sendo distribuído para menores, inclusive burlando os filtros do YouTube Kids.

A reação da plataforma está vindo a reboque da cobertura recente da imprensa internacional do chamado “Elsagate”, uma referência à princesa da animação Frozen, da Disney.

Desde o meio do ano, diversos veículos de mídia tem reportado a presença de vídeos inadequados focados no público infantil, trazendo personagens consagrados do imaginário infantil em situações constrangedoras, violentas e até mesmo eróticas. Essas produções oriundas de diversos canais acabam aparecendo em resultados de pesquisas e até mesmo dentro dos limites do YouTube Kids, acumulando milhões de visualizações a despeito de denúncias de adultos.

Apesar de ser um problema conhecido há meses, somente agora o YouTube se pronunciou a respeito da crise, prometendo uma série de cinco mudanças que poderão dar um fim ao Elsagate. O próprio YouTube reconhece que o panorama não é recente: “nos últimos meses, notamos uma tendência crescente em torno do conteúdo no YouTube que tenta passar como familiar, mas claramente não é”, informa em seu comunicado oficial.

Para tentar resolver o problema, o YouTube estabeleceu que irá:

  1. Realizar uma aplicação mais dura de suas regras de comunidade e uma maior aplicação através de tecnologia;
  2. Remover a publicidade de vídeos inapropriados focados na família;
  3. Bloquear comentários inapropriados em vídeos que apresentam menores de idade;
  4. Oferecer orientação para criadores para a produção de conteúdo amigável para a família;
  5. Aprender com especialistas para separar conteúdo corretamente.

Desde Junho, o YouTube informa que removeu publicidade de três milhões de vídeos que poderiam ser enquadrados nesse tipo de violação dos termos de uso e endureceu a aplicação das regras para remover anúncios de outros 500 mil vídeos. O YouTube também garante que ampliou seu quadro de recursos para ampliar a monitoração de conteúdo voltado para o público infantil e que resultados devem aparecer nas semanas e meses que virão.

Você pode se interessar

Vídeos
1,655 compartilhamentos6,805 visualizações

Reagindo a Vagas de Estágio // Vlog React #91

Thais Cardoso de Mello - 21 de março de 2019

Confira no vídeo se o que dizem sobre os estágio no Brasil realmente faz sentido.

A Inteligência Artificial que era perigosa demais
Artigos
3 visualizações
Artigos
3 visualizações

A Inteligência Artificial que era perigosa demais

Carlos L. A. da Silva - 21 de março de 2019

A estranha história da pesquisa que precisou ser engavetada por um bom motivo...

TypeScript // Dicionário do Programador
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,808 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,808 visualizações

TypeScript // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 18 de março de 2019

TypeScript é o termo falado nesse Dicionário do Programador, conheça mais sobre o assunto.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)
Notícias
11 visualizações
11 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)

Carlos L. A. da Silva - 15 de março de 2019
Mega Bate-Papo com o Programador BR (feat. Igor Oliveira) // CDF Entrevista
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações
World Wide Web completa 30 anos!
Notícias
13 visualizações
13 visualizações

World Wide Web completa 30 anos!

Carlos L. A. da Silva - 12 de março de 2019
Ada Lovelace: o cérebro que nunca morre
Artigos
136 visualizações1
136 visualizações1

Ada Lovelace: o cérebro que nunca morre

Carlos L. A. da Silva - 12 de março de 2019